Imagem promocional do programa
 
MÚSICA
23 A 25 NOV

LISBOA MISTURA 2012

SEXTA A DOMINGO

Sinopse

Lisboa Mistura é um acontecimento intercultural que surgiu em 2005, fruto da necessidade de criação de um Fórum Intercultural na cidade de Lisboa e brotou desta maravilhosa oportunidade criada pela diferença e curiosidade. Todos devemos trabalhar para a construção de um ‘espaço’ comum mais democrático. A Interculturalidade é também política na urgência social e cultural de um país ou de uma cidade. Lisboa enquanto cidade geneticamente multicultural é uma efectiva embaixada para quem vem de outros lugares.  A vivência e trocas entre culturas e mundos diferentes é tão importante para a harmonização evolutiva da vida conjunta como o talento ou a tecnologia. Todos os anos criamos pontes entre as comunidades que habitam a Grande Lisboa e os públicos de dentro e fora da cidade. Os elencos que temos mostrado, nacionais e internacionais, amadores e profissionais, são uma prova da vitalidade criativa que surge dos encontros e celebrações que a cidade inspira. O Lisboa Mistura virá futuramente para a rua, alargar o seu público, com performances e outras formas de representação da diversidade social e cultural de Lisboa como uma grande ‘praça pública’ do Mundo.

O programa deste ano é reflexo da celebração da vida multicultural nacional e internacional com projectos de grande nível performativo e de produção. Projectos como os que trazemos mostram a transversalidade de influências da cultura portuguesa e a riqueza que daí advém. Como sempre, teremos o “Lis-Nave” ( uma actualidade Lisboeta do ano), um naipe de músicos de alta qualidade (desde o nosso convidado do Brasil para fortalecer a ligação entre Lisboa e Natal, até ao lançamento do CD dos Dazkarieh passando pelo magnífico Tcheca), uma instalação de Kalaf, documentário sobre um projecto comunitário, há ainda espaço para uma mostra de talento jovem, através da apresentação das OPA (Oficina Portátil de Artes). Acabamos o Lisboa Mistura com a incontornável Festa Intercultural com lisboetas do Congo, Brasil, Índia, Cabo-Verde, Japão, Moldávia, entre outros. Este ano descentralizamos o Lisboa Mistura e fazemos uma noite de misturas latinas no MusiBox em pleno Cais do Sodré.

Convidamos todos, mais uma vez, a assistir a uma grande peça, com dramaturgias variadas, em que ‘nós’ somos os protagonistas. É um convite irresistível que Lisboa vos faz quando mostra o que de melhor e alternativo perto de nós habita, como os vizinhos que desconhecemos intimamente. Lisboa Mistura é sobrevivência.


23 Nov, sexta-feira

19h00 - Jardim de Inverno
CONVERSA INTERCULTURAL

A propósito da Instalação “Domingo” de Kalaf realizamos uma conversa sobre o que é para nós a interculturalidade (ou esta forma de vivermos a vida em conjunto) e sobre novas formas de comunicação que ilumine a diversidade de dentro e fora de todos nós.

20h00 - Jardim de Inverno
"DOMINGO"
Apresentação da Instalação multimédia de Kalaf

Viver bem que poderia significar não estar preso a nada, a ninguém. Nem a pontos geográficos, nem àquilo que acreditamos não poder viver sem, para que se depure o gosto pelas coisas insignificantes mas que fazem sempre valer a pena o regresso.


21h30 - Sala Principal
Dazkarieh

Concerto de lançamento de “Eterno Retorno”, o sexto álbum de originais da banda que se mantém fiel à combinação de tradição, electrónica, rock e folk. Quando sobe ao palco, a banda de Joana Negrão e Vasco Ribeiro Casais, prova  que o passado e o presente podem coexistir num mesmo momento.

 

24h00 - Musicbox. Cais do Sodré. www.musicboxlisboa.com *
COMBO NUEVO LOS MALDITOS | TRIO PINCHADISCOS

A noite latina do Musicbox acompanha os trópicos! Integrada no festival Lx Mistura, regressa a musicalidade LATINO Y TROPICAL carregada de cumbiachicha e latin funk, para nos fazer sentir mais próximos de um Verão imaginário a desfilar trópico abaixo. 

Seja através do concerto do COMBO NUEVO LOS MALDITOS, seja com o dj set do TRIO PINCHADISCOS (El Mecanico del Amor, Leo Guzman  e La Flama Blanca) a viagem pela América do Sul tem paragem nas terras de Enrique Delgado, Lucho Bermudez, Anibal Velasquez e Juaneco, com direito a paragem para Pisco Sour, retomando imediatamente o bailarico que ensina ao corpo novas formas de dançar. 

 

24 Nov, sábado às 16h00 e às 18h00 - Jardim de Inverno
OPA - Oficina Portátil de Artes 

O projecto OPA – Oficina Portátil de Artes – é apresentado mais uma vez no Lisboa Mistura dirigindo-se a jovens dos bairros da Grande Lisboa que desenvolvem projectos performativos em grupo ou individualmente. Numa mistura de culturas e de gerações, este ano o projecto OPA centrou-se na Alta de Lisboa, envolvendo várias Associações, com apresentações de música, teatro e dança.

O projecto OPA – Oficina Portátil de Artes – é apoiado pela Fundação Montepio.

 

17h00 - Sala Principal
HUMBERTO LUIZ

Humberto Luiz, nordestino, é um dos melhores músicos do Brasil inteiro. Este fã de Bernardo Sassetti vai  tocar no Lisboa Mistura com dois músicos do famoso trio deste último, Carlos Barreto e Alexandre Frazão. Mas musicalmente Humberto tem o seu universo próprio que vale mesmo a pena ser descoberto pela alegria, luz e imaginação que transmite quando toca. O seu ritmo é todo do Brasil, as melodias são do Mundo.

 

19h00 - Sala Principal
Tcheka

Autor, compositor e intérprete de toda a sua obra, TCHEKA revela plenamente a versatilidade que caracteriza a sua voz, com a facilidade desconcertante de passar em segundos de uma entoação melancólica, para um registo de sentimento de alegria. A maturidade do seu mais recente disco “Dor de Mar”, concilia uma surpreendente liberdade de escrita, com uma voz cada vez mais enquadrada na sua própria linguagem.

 

20h00 - Jardim de Inverno
Orquestra Geração
Exibição do documentário

Diogo, Ana, Daniel e Mónica dividem os seus dias entre casa, a escola, as aulas de expressão dramática e os ensaios de música. São jovens que vivem na periferia da Grande Lisboa, onde, até à chegada do projecto Orquestra Geração, o sonho de ser violinista não era de todo comum.

 

21h30 - Sala Principal
Lisnave 2012

3 bandas que fazem da música negra o seu mote existencial. Com abordagens sonoras distintas,  Dino d´Santiago o cantor soul, agora de regresso à raiz mais acústica da música de Cabo Verde, Macacos do Chinês que juntam à sua base electrónia de bass music (grime/dubstep/drum’n’bass/hiphop) a guitarra portuguesa, e Orelha Negra com o seu hiphop instrumental, repleto de referências de um passado cujas influências não se esgotam no jazz/funk dos anos 70, mas em quase toda a música que a partir dessa década, fez dançar os grooveheads deste planeta.

 

24h00 - Jardim de Inverno
Dj Johnny

Mesmo para os mais desprevenidos, o nome não passa despercebido. São já 20 anos como dj desde as saudosas festas em clubes mais underground até aos festivais de música mais massivos. Na linha da frente, assitiu “in loco” à evolução da música de dança no cenário português. Os seus programas de rádio - primeiro no RCP e XFM, depois na rádio Marginal e Rádio Oxigénio - foram uma das forças propulsoras do movimento drum’n’bass no nosso país. Mas o seu universo musical estende-se muito para além disso: aposta no cruzamento das sonoridades jazz, soul, hip hop, Afro dance Hall reggae com as linguagens mais modernas da música de dança.


25 Nov, domingo

16h30 - Jardim de Inverno
FESTA INTERCULTURAL

Portugal precisa de fazer comunidade. É vital e sente-se em tempos como os que estamos a viver que é uma das causas da enorme confusão que é comunicar. O Lisboa Mistura procura desde sempre estimular este espírito comunitário. Este ano vamos poder ver e ouvir pessoas, a solo ou integrando pequenos grupos amadores ou semi-profissionais, a mostrar os artísticos momentos com que atenuam a melancolia migrada do Japão, Congo, Brasil, Índia, Cabo-Verde, Rússia, Moldávia, entre outros.


 
Organização e Produção Associação Sons da Lusofonia

Sinopse

Lisboa Mistura é um acontecimento intercultural que surgiu em 2005, fruto da necessidade de criação de um Fórum Intercultural na cidade de Lisboa e brotou desta maravilhosa oportunidade criada pela diferença e curiosidade. Todos devemos trabalhar para a construção de um ‘espaço’ comum mais democrático. A Interculturalidade é também política na urgência social e cultural de um país ou de uma cidade. Lisboa enquanto cidade geneticamente multicultural é uma efectiva embaixada para quem vem de outros lugares.  A vivência e trocas entre culturas e mundos diferentes é tão importante para a harmonização evolutiva da vida conjunta como o talento ou a tecnologia. Todos os anos criamos pontes entre as comunidades que habitam a Grande Lisboa e os públicos de dentro e fora da cidade. Os elencos que temos mostrado, nacionais e internacionais, amadores e profissionais, são uma prova da vitalidade criativa que surge dos encontros e celebrações que a cidade inspira. O Lisboa Mistura virá futuramente para a rua, alargar o seu público, com performances e outras formas de representação da diversidade social e cultural de Lisboa como uma grande ‘praça pública’ do Mundo.

O programa deste ano é reflexo da celebração da vida multicultural nacional e internacional com projectos de grande nível performativo e de produção. Projectos como os que trazemos mostram a transversalidade de influências da cultura portuguesa e a riqueza que daí advém. Como sempre, teremos o “Lis-Nave” ( uma actualidade Lisboeta do ano), um naipe de músicos de alta qualidade (desde o nosso convidado do Brasil para fortalecer a ligação entre Lisboa e Natal, até ao lançamento do CD dos Dazkarieh passando pelo magnífico Tcheca), uma instalação de Kalaf, documentário sobre um projecto comunitário, há ainda espaço para uma mostra de talento jovem, através da apresentação das OPA (Oficina Portátil de Artes). Acabamos o Lisboa Mistura com a incontornável Festa Intercultural com lisboetas do Congo, Brasil, Índia, Cabo-Verde, Japão, Moldávia, entre outros. Este ano descentralizamos o Lisboa Mistura e fazemos uma noite de misturas latinas no MusiBox em pleno Cais do Sodré.

Convidamos todos, mais uma vez, a assistir a uma grande peça, com dramaturgias variadas, em que ‘nós’ somos os protagonistas. É um convite irresistível que Lisboa vos faz quando mostra o que de melhor e alternativo perto de nós habita, como os vizinhos que desconhecemos intimamente. Lisboa Mistura é sobrevivência.


23 Nov, sexta-feira

19h00 - Jardim de Inverno
CONVERSA INTERCULTURAL

A propósito da Instalação “Domingo” de Kalaf realizamos uma conversa sobre o que é para nós a interculturalidade (ou esta forma de vivermos a vida em conjunto) e sobre novas formas de comunicação que ilumine a diversidade de dentro e fora de todos nós.

20h00 - Jardim de Inverno
"DOMINGO"
Apresentação da Instalação multimédia de Kalaf

Viver bem que poderia significar não estar preso a nada, a ninguém. Nem a pontos geográficos, nem àquilo que acreditamos não poder viver sem, para que se depure o gosto pelas coisas insignificantes mas que fazem sempre valer a pena o regresso.


21h30 - Sala Principal
Dazkarieh

Concerto de lançamento de “Eterno Retorno”, o sexto álbum de originais da banda que se mantém fiel à combinação de tradição, electrónica, rock e folk. Quando sobe ao palco, a banda de Joana Negrão e Vasco Ribeiro Casais, prova  que o passado e o presente podem coexistir num mesmo momento.

 

24h00 - Musicbox. Cais do Sodré. www.musicboxlisboa.com *
COMBO NUEVO LOS MALDITOS | TRIO PINCHADISCOS

A noite latina do Musicbox acompanha os trópicos! Integrada no festival Lx Mistura, regressa a musicalidade LATINO Y TROPICAL carregada de cumbiachicha e latin funk, para nos fazer sentir mais próximos de um Verão imaginário a desfilar trópico abaixo. 

Seja através do concerto do COMBO NUEVO LOS MALDITOS, seja com o dj set do TRIO PINCHADISCOS (El Mecanico del Amor, Leo Guzman  e La Flama Blanca) a viagem pela América do Sul tem paragem nas terras de Enrique Delgado, Lucho Bermudez, Anibal Velasquez e Juaneco, com direito a paragem para Pisco Sour, retomando imediatamente o bailarico que ensina ao corpo novas formas de dançar. 

 

24 Nov, sábado às 16h00 e às 18h00 - Jardim de Inverno
OPA - Oficina Portátil de Artes 

O projecto OPA – Oficina Portátil de Artes – é apresentado mais uma vez no Lisboa Mistura dirigindo-se a jovens dos bairros da Grande Lisboa que desenvolvem projectos performativos em grupo ou individualmente. Numa mistura de culturas e de gerações, este ano o projecto OPA centrou-se na Alta de Lisboa, envolvendo várias Associações, com apresentações de música, teatro e dança.

O projecto OPA – Oficina Portátil de Artes – é apoiado pela Fundação Montepio.

 

17h00 - Sala Principal
HUMBERTO LUIZ

Humberto Luiz, nordestino, é um dos melhores músicos do Brasil inteiro. Este fã de Bernardo Sassetti vai  tocar no Lisboa Mistura com dois músicos do famoso trio deste último, Carlos Barreto e Alexandre Frazão. Mas musicalmente Humberto tem o seu universo próprio que vale mesmo a pena ser descoberto pela alegria, luz e imaginação que transmite quando toca. O seu ritmo é todo do Brasil, as melodias são do Mundo.

 

19h00 - Sala Principal
Tcheka

Autor, compositor e intérprete de toda a sua obra, TCHEKA revela plenamente a versatilidade que caracteriza a sua voz, com a facilidade desconcertante de passar em segundos de uma entoação melancólica, para um registo de sentimento de alegria. A maturidade do seu mais recente disco “Dor de Mar”, concilia uma surpreendente liberdade de escrita, com uma voz cada vez mais enquadrada na sua própria linguagem.

 

20h00 - Jardim de Inverno
Orquestra Geração
Exibição do documentário

Diogo, Ana, Daniel e Mónica dividem os seus dias entre casa, a escola, as aulas de expressão dramática e os ensaios de música. São jovens que vivem na periferia da Grande Lisboa, onde, até à chegada do projecto Orquestra Geração, o sonho de ser violinista não era de todo comum.

 

21h30 - Sala Principal
Lisnave 2012

3 bandas que fazem da música negra o seu mote existencial. Com abordagens sonoras distintas,  Dino d´Santiago o cantor soul, agora de regresso à raiz mais acústica da música de Cabo Verde, Macacos do Chinês que juntam à sua base electrónia de bass music (grime/dubstep/drum’n’bass/hiphop) a guitarra portuguesa, e Orelha Negra com o seu hiphop instrumental, repleto de referências de um passado cujas influências não se esgotam no jazz/funk dos anos 70, mas em quase toda a música que a partir dessa década, fez dançar os grooveheads deste planeta.

 

24h00 - Jardim de Inverno
Dj Johnny

Mesmo para os mais desprevenidos, o nome não passa despercebido. São já 20 anos como dj desde as saudosas festas em clubes mais underground até aos festivais de música mais massivos. Na linha da frente, assitiu “in loco” à evolução da música de dança no cenário português. Os seus programas de rádio - primeiro no RCP e XFM, depois na rádio Marginal e Rádio Oxigénio - foram uma das forças propulsoras do movimento drum’n’bass no nosso país. Mas o seu universo musical estende-se muito para além disso: aposta no cruzamento das sonoridades jazz, soul, hip hop, Afro dance Hall reggae com as linguagens mais modernas da música de dança.


25 Nov, domingo

16h30 - Jardim de Inverno
FESTA INTERCULTURAL

Portugal precisa de fazer comunidade. É vital e sente-se em tempos como os que estamos a viver que é uma das causas da enorme confusão que é comunicar. O Lisboa Mistura procura desde sempre estimular este espírito comunitário. Este ano vamos poder ver e ouvir pessoas, a solo ou integrando pequenos grupos amadores ou semi-profissionais, a mostrar os artísticos momentos com que atenuam a melancolia migrada do Japão, Congo, Brasil, Índia, Cabo-Verde, Rússia, Moldávia, entre outros.


 
Organização e Produção Associação Sons da Lusofonia

Críticas

Não existem críticas.

Preçário

1

Descontos

50% Estudantes, menores de 30 anos, maiores de 65 anos, pessoas com deficiência e acompanhante, desempregados, profissionais do  espectáculo, funcionários da CML e Empresas Municipais

30% Grupos de 10 pessoas ou mais

Comentários

Não possui comentários. Envie o Seu !

stqqssd
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
 
BILHETEIRA
 
bilheteira@teatrosaoluiz.pt
Tel.  (+351) 213 257 650
Todos os dias, das 13h às 20h
Siga-nos no: facebook