Imagem promocional do programa
 
MÚSICA
6 E 7 ABR

11ª FESTA DO JAZZ DO SÃO LUIZ

A FESTA DO JAZZ PORTUGUÊS
SALA PRINCIPAL - JARDIM DE INVERNO - SALA-ESTÚDIO MÁRIO vIEGAS - CAFÉ SÃO LUIZ
SÁBADO E DOMINGO

Sinopse

SÁBADO, 6 DE ABRIL

16h00 e 17h30 Paulo Santo/Sérgio Rodrigues Café São Luiz
17h00
 Toscano/Quintino Quarteto Teatro-Estúdio Mário Viegas
18h00
 Nelson Cascais Decateto Teatro-Estúdio Mário Viegas
19h00
 Coreto Porta-Jazz "Aljamia" Sala Principal
21h30
 Sara Serpa & Fragmentz Sala Principal
23h00
 MALI M’BULE BAABA Música de Bernardo Sassetti Sala Principal
00h30
 Sexteto do Conservatório da Jobra (2012) Jardim de Inverno

+Jam Session

DOMINGO, 7 DE ABRIL
16h00 e 17h30 Pedro Nobre/Francisco Brito Café São Luiz
17h00
 LAMA + Chris Speed Teatro-Estúdio Mário Viegas
18h00
 RED trio Teatro–Estúdio Mário Viegas
19h00
 Bruno Santos Ensemble Sala Principal
21h30
 Massimo Cavalli  “Varandas do Chiado” Quartet Sala Principal
23h00
 Maria João & Mário Laginha “IRIDESCENTE” Sala Principal
00h30
 Entrega dos Prémios Jardim de Inverno
01h00
 Ensemble ESMAE (2012) Jardim de Inverno

+

Jam Session

MASTERCLASSES Teatro-Estúdio Mário Viegas

+ ESCOLAS DE MÚSICA Jardim de Inverno

6 e 7 DE ABRIL – das 14h30 às 19h00

+ Apresentação do site jazz.pt
Jardim de Inverno
6 de Abril, Sábado às 17h00

SÁBADO, 6 DE ABRIL
16h00 e 17h30
Paulo Santo/Sérgio Rodrigues
Café São Luiz

Paulo Santo - vibrafone
Sérgio Rodrigues - piano eléctrico

Paulo Santo e Sérgio Rodrigues conheceram-se em 2010 na Escola Superior de Música de Lisboa e desde então, têm trabalhado juntos em projectos diversos. Para este concerto, sendo a primeira vez que tocam em duo, “despem-se” de preocupações estéticas ou da busca de novas sonoridades e apresentam-se pelo prazer de tocar num tipo de formação em que a interacção é factor fundamental.

17h00
Toscano/Quintino Quarteto
Teatro-Estúdio Mário Viegas

Ricardo Toscano - sax alto
Afonso Pais - guitarra 
António Quintino - contrabaixo
João Pereira – bateria

Especialmente convidado para a 11ª Festa do Jazz do São Luiz, este grupo reúne três gerações de músicos nacionais. Ricardo Toscano e António Quintino convidaram o jovem veterano Afonso Pais, uma referência de ambos, e João Pereira, uma promessa no panorama nacional, para um concerto que se prevê prometedor. O repertório do grupo, composto por temas originais de alguns dos seus elementos e standards, é um pretexto para se fazerem ouvir as vozes de cada um, juntas numa única identidade.


18h00
Nelson Cascais Decateto
Teatro-Estúdio Mário Viegas

Diogo Duque - trompete; fliscorne
Luís Cunha - trombone
Nuno Cunha - trompa
Gil Gonçalves - tuba
Ricardo Toscano - sax alto; clarinete
Paulo Gaspar - clarinete baixo
Federico Pascuci - sax tenor; flauta
Óscar Graça - piano fender rhodes
Nelson Cascais - contrabaixo; composição
Bruno Pedroso – bateria

“Escrever música para um grupo com vários instrumentos de sopro era algo que queria fazer desde há muito tempo. Esse tempo chegou quando me foi permitido ouvir o “som”. Tratei de reunir músicos que estivessem dispostos a dar forma ao que havia sido desenhado nas partituras. Encontrei os elementos perfeitos, músicos fantásticos, companheiros e destemidos aventureiros; combinação fundamental para se fazer música improvisada. Pensei neste grupo não como um combo alargado mas sim como uma orquestra de jazz em formato reduzido. Da primeira nota escrita ao momento presente a música sofreu as inevitáveis e desejáveis mutações. O resultado deste processo materializou-se na gravação do disco A Evolução da Forma (Sintoma Records), que terá a sua apresentação nesta edição da Festa do Jazz “. Nelson Cascais

19h00
Coreto Porta-Jazz
"Aljamia" 
Sala Principal

João Pedro Brandão - sax alto ; flauta; composição e arranjos
José Pedro Coelho, Fernando Sanchez - sax tenor
Rui Teixeira - sax barítono
Ricardo Formoso, Susana Santos Silva - trompete
Daniel Dias, Andreia Santos - trombone
Alexandre Dahmen - piano
José Carlos Barbosa - contrabaixo
José Marrucho – bateria

“Aljamia” é o título do disco de estreia do CORETO Porta-Jazz, com música de João Pedro Brandão que, após um estudo dedicado à Música Tradicional do Mediterrâneo, explora elementos e conceitos a esta ligados, trazendo-os para a imensa esfera do jazz. O CORETO é formado por 11 elementos da nova geração de músicos sediados no Porto, cujas actividades individuais são já reconhecidas na cena jazzística nacional. O grupo surge no coração da Associação Porta-Jazz, com o objectivo de criar um “espaço” para a exploração e concretização de um repertório original e experimental, proveniente das mais variadas fontes criativas  que emergem no Jazz em Portugal. O disco “Aljamia” foi considerado pelo site JazzLogical, como o melhor disco de jazz português de 2012.

 

21h30
Sara Serpa & Fragmentz
Sala Principal

Sara Serpa, Joana Machado, Joana Espadinha, Mariana Norton, Margarida Campelo - voz
André Matos - guitarra
Demian Cabaud - contrabaixo
André Sousa Machado - bateria

Fragmentz Ensemble é um projecto de Sara Serpa, que surgiu com o intuito de criar uma plataforma activa e criativa de vocalistas, para juntas  explorarem e ampliarem as capacidades do seu instrumento e simultaneamente interagirem com outros músicos e instrumentos. As vozes convidadas para integrarem este projecto representam fragmentos das ideias musicais de Serpa e criam ritmos, cores, texturas, sons e ambientes, com e sem palavras. "Já há bastante tempo que procurava fazer um projecto assim, que criasse um sentimento de comunidade entre vocalistas, que normalmente estão habituadas a pensar de uma forma mais individualista, e sempre com um papel de destaque. Neste projecto, as cinco vozes são uma voz e trabalham para criar um som colectivo, igualitário e criativo". Sara Serpa

23h00
MALI M’BULE BAABA Música de Bernardo Sassetti
Sala Principal

participação de:
Carlos Barretto (contrabaixo), José Salgueiro (bateria), Mário Delgado (guitarra), Luís Figueiredo (piano), Júlio Resende (piano), Carlos Martins (sax tenor), José Pedro Coelho (sax tenor), Ricardo Toscano (sax alto), Gonçalo Marques (trompete), ...

O Bernardo Sassetti era o maior fã da Festa do Jazz, para além dos organizadores claro. Foi o músico que melhor e mais vezes expressou a alegria que sentia com este encontro nacional da música improvisada. Falava da Festa como se de um milagre se tratasse. Exagerava como um bom poeta de tal ordem que parecia fingir a alegria que deveras sentia. Este é um concerto sobre essa alegria que, paralelamente a uma nostalgia tão portuguesa, expressava na sua música. É um encontro de músicos que querem lembrar essa alegria tocando a sua música tão divertida quanto inspirada e o repertório é inspirado nalgumas peças que revelam a eterna jovialidade e sentido de humor deste nosso saudoso e ainda tão presente amigo. De alguns dos seus fãs para o maior fã da Festa do Jazz do São Luiz.

00h30
Sexteto do Conservatório da Jobra (2012)
Jardim de Inverno

Jennifer Garrido - voz
Sócrates Bôrras - saxofone
Filipe Minhava - guitarra
Rafael Coito - vibrafone
Tiago Mourão - contrabaixo
Marcelo Soares – bateria

Este sexteto foi premiado na edição de 2012, como o Melhor Combo de entre os que representaram as diversas escolas de música (cursos não superiores), no concurso que a Festa do Jazz realiza desde a sua 2ª edição. Seguindo uma já tradição da Festa, este concerto para além de ser um excelente momento musical, é também um complemento ao prémio que estes jovens músicos receberam na 10ª Festa do Jazz do São Luiz.


Jam Session
Todas as noites a Festa do Jazz do São Luiz termina em jam session. Esta será a primeira das noites onde, fazendo justiça ao nome “Festa”, alunos e professores, músicos consagrados e em princípio de carreira trocarão conhecimentos e sensibilidades musicais.

 

DOMINGO, 7 DE ABRIL

16h00 e 17h30 
Pedro Nobre/Francisco Brito
Café São Luiz

Pedro Nobre - piano eléctrico
Francisco Brito – contrabaixo

Estes dois amigos conheceram-se e começaram a dar os seus "primeiros passos" jazzísticos, quase simultaneamente, na Escola de Jazz do Hot Clube de Portugal. Desde então e devido às várias formações em que ambos se têm apresentado, desenvolveram uma forte ligação musical e também pessoal. Para este concerto em duo, o repertório será essencialmente canções e standards.

 

17h00
LAMA + Chris Speed
Teatro-Estúdio Mário Viegas

Susana Santos Silva - trompete
Gonçalo Almeida - contrabaixo
Greg Smith - bateria
Chris Speed - sax tenor; clarinete

Susana Santos Silva, Gonçalo Almeida e Greg Smith formam o trio LAMA. Sedeado em Roterdão, (Holanda), composto por dois portugueses e um canadiano que aí completam estudos musicais, o trio LAMA toca um jazz electroacústico que ignora ostensivamente as linhas de separação entre mainstream e vanguarda. Aos instrumentos acústicos dos seus elementos associa-se a electrónica digital, num misto de improvisação e sound-scaping que resulta fresco, singular e desafiante.

Os LAMA apresentam agora o seu novo disco LAMAÇAL (Clean Feed) gravado ao vivo em 2012 e que tem como convidado o saxofonista e clarinetista norte-americano, Chris Speed.

18h00
RED trio
Teatro–Estúdio Mário Viegas

Rodrigo Pinheiro - piano
Hernâni Faustino  - contrabaixo
Gabriel Ferrandini - bateria

Formado em 2007, o RED trio é um grupo que apresenta uma multiplicidade de abordagens possíveis à música e à composição em tempo real através da improvisação. O trio explora uma das mais proliferas formações do jazz: piano + contrabaixo + bateria, mas ao invés de se estabelecer um diálogo privilegiado do piano suportado por uma secção rítmica, procura explorar uma improvisação simbiótica e interactiva entre os três instrumentos, não havendo predominância de um instrumento sobre o outro. A sua sonoridade caracteriza-se, pela coesão tímbrica e rítmica. O seu primeiro disco resultou da edição de sessões feitas em 2008 (Clean Feed). Da colaboração com o saxofonista inglês John Butcher, surgiu em 2011 o álbum “Empire”, (NoBusiness Records) e em Março de 2012 editaram novo disco, “Stem”, com a colaboração do trompetista norte-americano Nate Wooley (Clean Feed).

19h00
Bruno Santos Ensemble
Sala Principal

Bruno Santos - guitarra; composição
Gonçalo Marques - trompete
Jorge Reis - sax alto; soprano
César Cardoso - sax tenor
Luís Cunha - trombone; flauta
Paulo Gaspar - clarinete ; clarinete baixo
Rodrigo Gonçalves - piano
António Quintino - contrabaixo
Luís Candeias - bateria
Mariana Norton – voz

Este novo projecto do guitarrista Bruno Santos nasce da sua vontade  e curiosidade em escrever para uma formação alargada, com várias possibilidades de instrumentação. Com música original escrita de raíz para este grupo, a ideia foi misturar a componente de composição com aquilo que caracteriza o jazz, os momentos de improvisação, liberdade e interacção. O repertório passa por diferentes ambientes, sonoridades e instrumentações, influenciado por vários estilos musicais aos quais, segundo o compositor, tem estado desde sempre exposto.

21h30
Massimo Cavalli  “Varandas do Chiado” Quartet
Sala Principal

Francesco Bearzatti - sax tenor; clarinete
João Paulo Esteves da Silva - piano; acordeão
Massimo Cavalli contrabaixo
Joel Silva - bateria

O Quarteto nasce da vontade do baixista e compositor italiano residente em Portugal, Massimo Cavalli de dar voz aos temas originais escritos para esta formação.  A escolha dos parceiros que o acompanham nesta viagem, foi cuidadosa, síntese de uma cumplicidade musical que se consolidou no percurso de colaborações em variados projectos. As sonoridades apresentadas são a visão de uma viagem entre timbres de instrumentos com características longínquas que criam uma combinação interessante de sons e texturas. Cavalli gravou recentemente o seu primeiro trabalho “Varandas do Chiado” que aqui apresenta e que conta com a participação do saxofonista italiano Francesco Bearzatti.


23h00
Maria João & Mário Laginha “IRIDESCENTE”
Sala Principal

Maria João - voz
Mário Laginha - piano
Eduardo Raon - harpa
João Frade - acordeão
Alexandre Frazão - bateria; percussão

Quatro anos após o último trabalho em estúdio, "Chocolate", Maria João e Mário Laginha regressam com um novo trabalho inédito. Tudo nasceu, confessa a dupla, com o convite da Fundação Calouste Gulbenkian para integrar o programa Músicas do Mundo: "Surgiu-nos a ideia de compor originais e conjugar instrumentos que gostamos numa formação invulgar: voz, piano, acordeão, harpa e percussão. Os músicos que convidámos fazem parte da nossa família musical, são extraordinários. Com o seu talento e afecto ajudaram-nos a construir o projecto IRIDESCENTE”.

00h30
Entrega dos Prémios

Jardim de Inverno

A entrega dos prémios aos Combos e Alunos das Escolas de Música vencedores do concurso da 11ª Festa do Jazz do São Luiz terá lugar quase no final da Festa às 00h30, no Jardim de Inverno. Em 2013, apresentam-se na Festa do Jazz 14 combos de alunos de diversas Escolas de Música. O júri de avaliação é constituído nesta edição, por Paulo Barbosa, André Fernandes e Carlos Barretto.

01h00
Ensemble ESMAE (2012) Jardim de Inverno 
Fábio Almeida - sax alto
Luís Miguel - sax tenor
Ricardo Pinto - piano
Marcel Pascual Royo - vibrafone
Diogo Dinis - contrabaixo
Nuno Oliveira – bateria

Representante da Escola Superior de Musica e das Artes do Espectáculo do Porto, este grupo foi premiado na edição de 2012 como o Melhor Combo de entre as  quatro Escolas Superiores de Música. É um privilégio poder voltar a reunir um ano depois todos os elementos desta jovem formação. Este sexteto, um digno representante da ESMAE, não deixará de nos prendar com música de excelente  qualidade.

Jam Session
Esta será a segunda e última das jam sessions com que terminarão as duas noites da Festa do Jazz do São Luiz. Pretende-se que nestas jams participem alunos e professores, músicos consagrados e em princípio de carreira. É esta troca de conhecimentos e sensibilidades musicais que tem servido de mote à Festa, desde a sua primeira edição.


MASTERCLASSES
Teatro-Estúdio Mário Viegas
As masterclasses sublinham o carácter de partilha de conhecimentos e são destinadas principalmente (mas não exclusivamente) aos alunos das Escolas de Música participantes na Festa do Jazz do São Luiz.

Sara Serpa 
6 de Abril , Sábado às 15h00 - Duração 1 hora

Depois de atrair as atenções do mundo como membro do grupo de Greg Osby em 2008, e de fixar as suas credenciais no dueto com o pianista Ran Blake, tal como no álbum  "Providencia" do pianista Danilo Perez,  Sara Serpa revelou-se também como líder de um quinteto com André Matos, Kris Davis, Ben Street e Ted Poor. Natural de Lisboa, e a residir em NY, Sara Serpa é uma cantora de jazz com uma abordagem singular e inovadora. A sua voz cristalina, sem adornos ou vibrato, revela uma pureza que tem sido elogiada pelos críticos. “O meu papel é o de um músico, não tenho que estar sempre a solar nem me limitar à interpretação de canções. O que quero, basicamente, é conseguir fazer com a minha voz aquilo que os instrumentistas fazem com os seus instrumentos - usá-la, cantar, ser parte de um ensemble“.


Chris Speed
7 de Abril , Domingo às 15h00 - Duração 1 hora

Chris Speed é um compositor, clarinetista e saxofonista nascido em Seattle (EUA) em 1967. Graduou-se no New England Conservatory em 1990 e em 1992 mudou-se para New York. Desde então é reconhecido internacionalmente como membro importante da denominada “downtown scene” daquela cidade. Durante os anos 90, Speed participou em vários projectos de músicos como Tim Berne, Dave Douglas, Myra Melford, Erik Freidlander, John Zorn ou Mark Dresser. Durante este período começou também a ganhar interesse pelos sons folk do leste da Europa, criando entretanto o grupo “Pachora”. Actualmente colabora com inúmeros músicos entre os quais se podem destacar os vários projectos com Uri Cane, Ben Perowsky, Jim Black “Alas No Axis” e John Hollenbeck “Claudia Quintet.

APRESENTAÇÃO DO SITE JAZZ.PT
Jardim de Inverno
6 de Abril, Sábado às 17h00

Depois da edição em papel, durante sete anos, o projecto editorial jazz.pt passa agora para a Internet. De livre e fácil acesso, os amantes do jazz poderão acompanhar em tempo real o que vai acontecendo cá e lá fora. Coloque nos favoritos www.jazz.pt

 

ESCOLAS DE MÚSICA
Jardim de Inverno

Nas tardes de sábado e domingo, a partir das 14h30, o Jardim de Inverno é o palco dos mais novos. Ao longo de onze anos, a Festa do Jazz do São Luiz estimulou, entusiasmou e desafiou escolas de música de todo o país a participarem. Este é um espaço de partilha, de atenção ao presente e de preparação do futuro.

6 de Abril, Sábado - das 14h30 às 19h00
14h30
Academia Municipal das Artes da Nazaré
Paulo Santos - trompete
Rita Viola - sax e voz
Gil Silva - trombone
Jorge Mota - piano
Tiago Silva - baixo
David Estrelinha - bateria
professor: Adelino Mota

15h10
Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira
Sofia Petito - voz
João Gonçalves - clarinete
Bernardo Pereira - piano
Fedor Bivol - guitarra
Luís Pizarro - contrabaixo
Rolando Faria - bateria
professores: Georgy Titov e Jorge Borges

15h50
Escola de Jazz do Barreiro
Renato Sousa – guitarra
Nuno Santos - guitarra
André Mendes - piano
Nuno Faria - contrabaixo
David Alves - bateria
professor: Jorge Moniz


16h30
Escola de Jazz Luiz Villas-Boas / HCP – Lisboa
José Monteiro - trompete
José Cruz - guitarra
Vasco Pimentel – piano
Ricardo Marques – contrabaixo
Maximiliano Llanos – bateria
professor: Bruno Santos

17h10
Associação Cultural Sítio de Sons – Coimbra
Mariana Keating – voz
José Rebola – saxofone
Tiago Cristovão – guitarra
Alexandre Jesus - guitarra
João Valença - contrabaixo
Francisco Costa - bateria
professor: Ivan Silvestre 

17h50
Escola de Jazz do Porto
Filipe Centeno - guitarra
José Vale - guitarra
Miguel Morgado - piano
Filipe Passos – contrabaixo
Cecília Costa – bateria
professor: Pedro Barreiros 

18h30
Conservatório de Música da Jobra–Branca, Albergaria-a-Velha
Hugo Barbosa - sax alto
Hugo Santiago - sax tenor
Hugo Gomes - guitarra
Marco Santos - piano
Rafael Pinheiro - contrabaixo
Miguel Rodrigues - bateria
professores: João Martins e Carlos Mendes

  

7 de ABRIL, Domingo - das 14h30 às 19h00

14h30
Associação Grémio das Músicas – Faro
Rodrigo Dias - guitarra
Sebastião Sheldrick - piano
Gonçalo Alves - baixo
Leonardo Coelho - bateria
professor: Sónia Cabrita


15h10
RIFF Escola de Música – Aveiro
Ricardo Rodrigues - sax tenor
Vasco Miranda - piano
Bruno – contrabaixo
Miguel Estima - bateria
professor: Fernando Rodrigues

15h50
Conservatório de Música de Coimbra
Maria Nunes – trompete
André Pimenta – trombone
Rodrigo Rama – piano
Diogo Vidal – guitarra
Carlos Borges – baixo
João Cruz – bateria
professores: Fernando Rodrigues e Rui Lúcio

 

16h30
ESMAE- Escola Sup. Música e das Artes do Espectáculo – Porto
José Soares - sax alto
Hugo Lopes - sax tenor
Ricardo Coelho – vibrafone
Jonas Freitas – guitarra
João Paulo Rosado – contrabaixo
Pedro Almiro - bateria
professor: Michael Lauren 

17h10
UÉ- Universidade de Évora
Emilia Jaén - voz
Juan Manuel Morán – saxofone
Daniel Neto – guitarra
Mario de La Cruz – piano
José Luís Mulero – contrabaixo
Amândio Filipe – bateria
professor: Óscar Marcelino da Graça

17h50
ESML- Escola Superior de Música de Lisboa
André Murraças - sax tenor
João Barradas – acordeão
Gonçalo Neto – guitarra
André Rosinha – contrabaixo
Marcelo Araújo – bateria
professor: Afonso Pais

18h30 
ULL- Universidade Lusíada de Lisboa
Catarina Dias - voz
Pedro Branco – guitarra
João Carreiro – guitarra
Luís Pinto - baixo
David Campos - bateria
professores: Joana Machado e Desidério Lázaro

 

 
Direcção Artística Carlos Martins
Produção Executiva Luís Hilário

Sinopse

SÁBADO, 6 DE ABRIL

16h00 e 17h30 Paulo Santo/Sérgio Rodrigues Café São Luiz
17h00
 Toscano/Quintino Quarteto Teatro-Estúdio Mário Viegas
18h00
 Nelson Cascais Decateto Teatro-Estúdio Mário Viegas
19h00
 Coreto Porta-Jazz "Aljamia" Sala Principal
21h30
 Sara Serpa & Fragmentz Sala Principal
23h00
 MALI M’BULE BAABA Música de Bernardo Sassetti Sala Principal
00h30
 Sexteto do Conservatório da Jobra (2012) Jardim de Inverno

+Jam Session

DOMINGO, 7 DE ABRIL
16h00 e 17h30 Pedro Nobre/Francisco Brito Café São Luiz
17h00
 LAMA + Chris Speed Teatro-Estúdio Mário Viegas
18h00
 RED trio Teatro–Estúdio Mário Viegas
19h00
 Bruno Santos Ensemble Sala Principal
21h30
 Massimo Cavalli  “Varandas do Chiado” Quartet Sala Principal
23h00
 Maria João & Mário Laginha “IRIDESCENTE” Sala Principal
00h30
 Entrega dos Prémios Jardim de Inverno
01h00
 Ensemble ESMAE (2012) Jardim de Inverno

+

Jam Session

MASTERCLASSES Teatro-Estúdio Mário Viegas

+ ESCOLAS DE MÚSICA Jardim de Inverno

6 e 7 DE ABRIL – das 14h30 às 19h00

+ Apresentação do site jazz.pt
Jardim de Inverno
6 de Abril, Sábado às 17h00

SÁBADO, 6 DE ABRIL
16h00 e 17h30
Paulo Santo/Sérgio Rodrigues
Café São Luiz

Paulo Santo - vibrafone
Sérgio Rodrigues - piano eléctrico

Paulo Santo e Sérgio Rodrigues conheceram-se em 2010 na Escola Superior de Música de Lisboa e desde então, têm trabalhado juntos em projectos diversos. Para este concerto, sendo a primeira vez que tocam em duo, “despem-se” de preocupações estéticas ou da busca de novas sonoridades e apresentam-se pelo prazer de tocar num tipo de formação em que a interacção é factor fundamental.

17h00
Toscano/Quintino Quarteto
Teatro-Estúdio Mário Viegas

Ricardo Toscano - sax alto
Afonso Pais - guitarra 
António Quintino - contrabaixo
João Pereira – bateria

Especialmente convidado para a 11ª Festa do Jazz do São Luiz, este grupo reúne três gerações de músicos nacionais. Ricardo Toscano e António Quintino convidaram o jovem veterano Afonso Pais, uma referência de ambos, e João Pereira, uma promessa no panorama nacional, para um concerto que se prevê prometedor. O repertório do grupo, composto por temas originais de alguns dos seus elementos e standards, é um pretexto para se fazerem ouvir as vozes de cada um, juntas numa única identidade.


18h00
Nelson Cascais Decateto
Teatro-Estúdio Mário Viegas

Diogo Duque - trompete; fliscorne
Luís Cunha - trombone
Nuno Cunha - trompa
Gil Gonçalves - tuba
Ricardo Toscano - sax alto; clarinete
Paulo Gaspar - clarinete baixo
Federico Pascuci - sax tenor; flauta
Óscar Graça - piano fender rhodes
Nelson Cascais - contrabaixo; composição
Bruno Pedroso – bateria

“Escrever música para um grupo com vários instrumentos de sopro era algo que queria fazer desde há muito tempo. Esse tempo chegou quando me foi permitido ouvir o “som”. Tratei de reunir músicos que estivessem dispostos a dar forma ao que havia sido desenhado nas partituras. Encontrei os elementos perfeitos, músicos fantásticos, companheiros e destemidos aventureiros; combinação fundamental para se fazer música improvisada. Pensei neste grupo não como um combo alargado mas sim como uma orquestra de jazz em formato reduzido. Da primeira nota escrita ao momento presente a música sofreu as inevitáveis e desejáveis mutações. O resultado deste processo materializou-se na gravação do disco A Evolução da Forma (Sintoma Records), que terá a sua apresentação nesta edição da Festa do Jazz “. Nelson Cascais

19h00
Coreto Porta-Jazz
"Aljamia" 
Sala Principal

João Pedro Brandão - sax alto ; flauta; composição e arranjos
José Pedro Coelho, Fernando Sanchez - sax tenor
Rui Teixeira - sax barítono
Ricardo Formoso, Susana Santos Silva - trompete
Daniel Dias, Andreia Santos - trombone
Alexandre Dahmen - piano
José Carlos Barbosa - contrabaixo
José Marrucho – bateria

“Aljamia” é o título do disco de estreia do CORETO Porta-Jazz, com música de João Pedro Brandão que, após um estudo dedicado à Música Tradicional do Mediterrâneo, explora elementos e conceitos a esta ligados, trazendo-os para a imensa esfera do jazz. O CORETO é formado por 11 elementos da nova geração de músicos sediados no Porto, cujas actividades individuais são já reconhecidas na cena jazzística nacional. O grupo surge no coração da Associação Porta-Jazz, com o objectivo de criar um “espaço” para a exploração e concretização de um repertório original e experimental, proveniente das mais variadas fontes criativas  que emergem no Jazz em Portugal. O disco “Aljamia” foi considerado pelo site JazzLogical, como o melhor disco de jazz português de 2012.

 

21h30
Sara Serpa & Fragmentz
Sala Principal

Sara Serpa, Joana Machado, Joana Espadinha, Mariana Norton, Margarida Campelo - voz
André Matos - guitarra
Demian Cabaud - contrabaixo
André Sousa Machado - bateria

Fragmentz Ensemble é um projecto de Sara Serpa, que surgiu com o intuito de criar uma plataforma activa e criativa de vocalistas, para juntas  explorarem e ampliarem as capacidades do seu instrumento e simultaneamente interagirem com outros músicos e instrumentos. As vozes convidadas para integrarem este projecto representam fragmentos das ideias musicais de Serpa e criam ritmos, cores, texturas, sons e ambientes, com e sem palavras. "Já há bastante tempo que procurava fazer um projecto assim, que criasse um sentimento de comunidade entre vocalistas, que normalmente estão habituadas a pensar de uma forma mais individualista, e sempre com um papel de destaque. Neste projecto, as cinco vozes são uma voz e trabalham para criar um som colectivo, igualitário e criativo". Sara Serpa

23h00
MALI M’BULE BAABA Música de Bernardo Sassetti
Sala Principal

participação de:
Carlos Barretto (contrabaixo), José Salgueiro (bateria), Mário Delgado (guitarra), Luís Figueiredo (piano), Júlio Resende (piano), Carlos Martins (sax tenor), José Pedro Coelho (sax tenor), Ricardo Toscano (sax alto), Gonçalo Marques (trompete), ...

O Bernardo Sassetti era o maior fã da Festa do Jazz, para além dos organizadores claro. Foi o músico que melhor e mais vezes expressou a alegria que sentia com este encontro nacional da música improvisada. Falava da Festa como se de um milagre se tratasse. Exagerava como um bom poeta de tal ordem que parecia fingir a alegria que deveras sentia. Este é um concerto sobre essa alegria que, paralelamente a uma nostalgia tão portuguesa, expressava na sua música. É um encontro de músicos que querem lembrar essa alegria tocando a sua música tão divertida quanto inspirada e o repertório é inspirado nalgumas peças que revelam a eterna jovialidade e sentido de humor deste nosso saudoso e ainda tão presente amigo. De alguns dos seus fãs para o maior fã da Festa do Jazz do São Luiz.

00h30
Sexteto do Conservatório da Jobra (2012)
Jardim de Inverno

Jennifer Garrido - voz
Sócrates Bôrras - saxofone
Filipe Minhava - guitarra
Rafael Coito - vibrafone
Tiago Mourão - contrabaixo
Marcelo Soares – bateria

Este sexteto foi premiado na edição de 2012, como o Melhor Combo de entre os que representaram as diversas escolas de música (cursos não superiores), no concurso que a Festa do Jazz realiza desde a sua 2ª edição. Seguindo uma já tradição da Festa, este concerto para além de ser um excelente momento musical, é também um complemento ao prémio que estes jovens músicos receberam na 10ª Festa do Jazz do São Luiz.


Jam Session
Todas as noites a Festa do Jazz do São Luiz termina em jam session. Esta será a primeira das noites onde, fazendo justiça ao nome “Festa”, alunos e professores, músicos consagrados e em princípio de carreira trocarão conhecimentos e sensibilidades musicais.

 

DOMINGO, 7 DE ABRIL

16h00 e 17h30 
Pedro Nobre/Francisco Brito
Café São Luiz

Pedro Nobre - piano eléctrico
Francisco Brito – contrabaixo

Estes dois amigos conheceram-se e começaram a dar os seus "primeiros passos" jazzísticos, quase simultaneamente, na Escola de Jazz do Hot Clube de Portugal. Desde então e devido às várias formações em que ambos se têm apresentado, desenvolveram uma forte ligação musical e também pessoal. Para este concerto em duo, o repertório será essencialmente canções e standards.

 

17h00
LAMA + Chris Speed
Teatro-Estúdio Mário Viegas

Susana Santos Silva - trompete
Gonçalo Almeida - contrabaixo
Greg Smith - bateria
Chris Speed - sax tenor; clarinete

Susana Santos Silva, Gonçalo Almeida e Greg Smith formam o trio LAMA. Sedeado em Roterdão, (Holanda), composto por dois portugueses e um canadiano que aí completam estudos musicais, o trio LAMA toca um jazz electroacústico que ignora ostensivamente as linhas de separação entre mainstream e vanguarda. Aos instrumentos acústicos dos seus elementos associa-se a electrónica digital, num misto de improvisação e sound-scaping que resulta fresco, singular e desafiante.

Os LAMA apresentam agora o seu novo disco LAMAÇAL (Clean Feed) gravado ao vivo em 2012 e que tem como convidado o saxofonista e clarinetista norte-americano, Chris Speed.

18h00
RED trio
Teatro–Estúdio Mário Viegas

Rodrigo Pinheiro - piano
Hernâni Faustino  - contrabaixo
Gabriel Ferrandini - bateria

Formado em 2007, o RED trio é um grupo que apresenta uma multiplicidade de abordagens possíveis à música e à composição em tempo real através da improvisação. O trio explora uma das mais proliferas formações do jazz: piano + contrabaixo + bateria, mas ao invés de se estabelecer um diálogo privilegiado do piano suportado por uma secção rítmica, procura explorar uma improvisação simbiótica e interactiva entre os três instrumentos, não havendo predominância de um instrumento sobre o outro. A sua sonoridade caracteriza-se, pela coesão tímbrica e rítmica. O seu primeiro disco resultou da edição de sessões feitas em 2008 (Clean Feed). Da colaboração com o saxofonista inglês John Butcher, surgiu em 2011 o álbum “Empire”, (NoBusiness Records) e em Março de 2012 editaram novo disco, “Stem”, com a colaboração do trompetista norte-americano Nate Wooley (Clean Feed).

19h00
Bruno Santos Ensemble
Sala Principal

Bruno Santos - guitarra; composição
Gonçalo Marques - trompete
Jorge Reis - sax alto; soprano
César Cardoso - sax tenor
Luís Cunha - trombone; flauta
Paulo Gaspar - clarinete ; clarinete baixo
Rodrigo Gonçalves - piano
António Quintino - contrabaixo
Luís Candeias - bateria
Mariana Norton – voz

Este novo projecto do guitarrista Bruno Santos nasce da sua vontade  e curiosidade em escrever para uma formação alargada, com várias possibilidades de instrumentação. Com música original escrita de raíz para este grupo, a ideia foi misturar a componente de composição com aquilo que caracteriza o jazz, os momentos de improvisação, liberdade e interacção. O repertório passa por diferentes ambientes, sonoridades e instrumentações, influenciado por vários estilos musicais aos quais, segundo o compositor, tem estado desde sempre exposto.

21h30
Massimo Cavalli  “Varandas do Chiado” Quartet
Sala Principal

Francesco Bearzatti - sax tenor; clarinete
João Paulo Esteves da Silva - piano; acordeão
Massimo Cavalli contrabaixo
Joel Silva - bateria

O Quarteto nasce da vontade do baixista e compositor italiano residente em Portugal, Massimo Cavalli de dar voz aos temas originais escritos para esta formação.  A escolha dos parceiros que o acompanham nesta viagem, foi cuidadosa, síntese de uma cumplicidade musical que se consolidou no percurso de colaborações em variados projectos. As sonoridades apresentadas são a visão de uma viagem entre timbres de instrumentos com características longínquas que criam uma combinação interessante de sons e texturas. Cavalli gravou recentemente o seu primeiro trabalho “Varandas do Chiado” que aqui apresenta e que conta com a participação do saxofonista italiano Francesco Bearzatti.


23h00
Maria João & Mário Laginha “IRIDESCENTE”
Sala Principal

Maria João - voz
Mário Laginha - piano
Eduardo Raon - harpa
João Frade - acordeão
Alexandre Frazão - bateria; percussão

Quatro anos após o último trabalho em estúdio, "Chocolate", Maria João e Mário Laginha regressam com um novo trabalho inédito. Tudo nasceu, confessa a dupla, com o convite da Fundação Calouste Gulbenkian para integrar o programa Músicas do Mundo: "Surgiu-nos a ideia de compor originais e conjugar instrumentos que gostamos numa formação invulgar: voz, piano, acordeão, harpa e percussão. Os músicos que convidámos fazem parte da nossa família musical, são extraordinários. Com o seu talento e afecto ajudaram-nos a construir o projecto IRIDESCENTE”.

00h30
Entrega dos Prémios

Jardim de Inverno

A entrega dos prémios aos Combos e Alunos das Escolas de Música vencedores do concurso da 11ª Festa do Jazz do São Luiz terá lugar quase no final da Festa às 00h30, no Jardim de Inverno. Em 2013, apresentam-se na Festa do Jazz 14 combos de alunos de diversas Escolas de Música. O júri de avaliação é constituído nesta edição, por Paulo Barbosa, André Fernandes e Carlos Barretto.

01h00
Ensemble ESMAE (2012) Jardim de Inverno 
Fábio Almeida - sax alto
Luís Miguel - sax tenor
Ricardo Pinto - piano
Marcel Pascual Royo - vibrafone
Diogo Dinis - contrabaixo
Nuno Oliveira – bateria

Representante da Escola Superior de Musica e das Artes do Espectáculo do Porto, este grupo foi premiado na edição de 2012 como o Melhor Combo de entre as  quatro Escolas Superiores de Música. É um privilégio poder voltar a reunir um ano depois todos os elementos desta jovem formação. Este sexteto, um digno representante da ESMAE, não deixará de nos prendar com música de excelente  qualidade.

Jam Session
Esta será a segunda e última das jam sessions com que terminarão as duas noites da Festa do Jazz do São Luiz. Pretende-se que nestas jams participem alunos e professores, músicos consagrados e em princípio de carreira. É esta troca de conhecimentos e sensibilidades musicais que tem servido de mote à Festa, desde a sua primeira edição.


MASTERCLASSES
Teatro-Estúdio Mário Viegas
As masterclasses sublinham o carácter de partilha de conhecimentos e são destinadas principalmente (mas não exclusivamente) aos alunos das Escolas de Música participantes na Festa do Jazz do São Luiz.

Sara Serpa 
6 de Abril , Sábado às 15h00 - Duração 1 hora

Depois de atrair as atenções do mundo como membro do grupo de Greg Osby em 2008, e de fixar as suas credenciais no dueto com o pianista Ran Blake, tal como no álbum  "Providencia" do pianista Danilo Perez,  Sara Serpa revelou-se também como líder de um quinteto com André Matos, Kris Davis, Ben Street e Ted Poor. Natural de Lisboa, e a residir em NY, Sara Serpa é uma cantora de jazz com uma abordagem singular e inovadora. A sua voz cristalina, sem adornos ou vibrato, revela uma pureza que tem sido elogiada pelos críticos. “O meu papel é o de um músico, não tenho que estar sempre a solar nem me limitar à interpretação de canções. O que quero, basicamente, é conseguir fazer com a minha voz aquilo que os instrumentistas fazem com os seus instrumentos - usá-la, cantar, ser parte de um ensemble“.


Chris Speed
7 de Abril , Domingo às 15h00 - Duração 1 hora

Chris Speed é um compositor, clarinetista e saxofonista nascido em Seattle (EUA) em 1967. Graduou-se no New England Conservatory em 1990 e em 1992 mudou-se para New York. Desde então é reconhecido internacionalmente como membro importante da denominada “downtown scene” daquela cidade. Durante os anos 90, Speed participou em vários projectos de músicos como Tim Berne, Dave Douglas, Myra Melford, Erik Freidlander, John Zorn ou Mark Dresser. Durante este período começou também a ganhar interesse pelos sons folk do leste da Europa, criando entretanto o grupo “Pachora”. Actualmente colabora com inúmeros músicos entre os quais se podem destacar os vários projectos com Uri Cane, Ben Perowsky, Jim Black “Alas No Axis” e John Hollenbeck “Claudia Quintet.

APRESENTAÇÃO DO SITE JAZZ.PT
Jardim de Inverno
6 de Abril, Sábado às 17h00

Depois da edição em papel, durante sete anos, o projecto editorial jazz.pt passa agora para a Internet. De livre e fácil acesso, os amantes do jazz poderão acompanhar em tempo real o que vai acontecendo cá e lá fora. Coloque nos favoritos www.jazz.pt

 

ESCOLAS DE MÚSICA
Jardim de Inverno

Nas tardes de sábado e domingo, a partir das 14h30, o Jardim de Inverno é o palco dos mais novos. Ao longo de onze anos, a Festa do Jazz do São Luiz estimulou, entusiasmou e desafiou escolas de música de todo o país a participarem. Este é um espaço de partilha, de atenção ao presente e de preparação do futuro.

6 de Abril, Sábado - das 14h30 às 19h00
14h30
Academia Municipal das Artes da Nazaré
Paulo Santos - trompete
Rita Viola - sax e voz
Gil Silva - trombone
Jorge Mota - piano
Tiago Silva - baixo
David Estrelinha - bateria
professor: Adelino Mota

15h10
Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira
Sofia Petito - voz
João Gonçalves - clarinete
Bernardo Pereira - piano
Fedor Bivol - guitarra
Luís Pizarro - contrabaixo
Rolando Faria - bateria
professores: Georgy Titov e Jorge Borges

15h50
Escola de Jazz do Barreiro
Renato Sousa – guitarra
Nuno Santos - guitarra
André Mendes - piano
Nuno Faria - contrabaixo
David Alves - bateria
professor: Jorge Moniz


16h30
Escola de Jazz Luiz Villas-Boas / HCP – Lisboa
José Monteiro - trompete
José Cruz - guitarra
Vasco Pimentel – piano
Ricardo Marques – contrabaixo
Maximiliano Llanos – bateria
professor: Bruno Santos

17h10
Associação Cultural Sítio de Sons – Coimbra
Mariana Keating – voz
José Rebola – saxofone
Tiago Cristovão – guitarra
Alexandre Jesus - guitarra
João Valença - contrabaixo
Francisco Costa - bateria
professor: Ivan Silvestre 

17h50
Escola de Jazz do Porto
Filipe Centeno - guitarra
José Vale - guitarra
Miguel Morgado - piano
Filipe Passos – contrabaixo
Cecília Costa – bateria
professor: Pedro Barreiros 

18h30
Conservatório de Música da Jobra–Branca, Albergaria-a-Velha
Hugo Barbosa - sax alto
Hugo Santiago - sax tenor
Hugo Gomes - guitarra
Marco Santos - piano
Rafael Pinheiro - contrabaixo
Miguel Rodrigues - bateria
professores: João Martins e Carlos Mendes

  

7 de ABRIL, Domingo - das 14h30 às 19h00

14h30
Associação Grémio das Músicas – Faro
Rodrigo Dias - guitarra
Sebastião Sheldrick - piano
Gonçalo Alves - baixo
Leonardo Coelho - bateria
professor: Sónia Cabrita


15h10
RIFF Escola de Música – Aveiro
Ricardo Rodrigues - sax tenor
Vasco Miranda - piano
Bruno – contrabaixo
Miguel Estima - bateria
professor: Fernando Rodrigues

15h50
Conservatório de Música de Coimbra
Maria Nunes – trompete
André Pimenta – trombone
Rodrigo Rama – piano
Diogo Vidal – guitarra
Carlos Borges – baixo
João Cruz – bateria
professores: Fernando Rodrigues e Rui Lúcio

 

16h30
ESMAE- Escola Sup. Música e das Artes do Espectáculo – Porto
José Soares - sax alto
Hugo Lopes - sax tenor
Ricardo Coelho – vibrafone
Jonas Freitas – guitarra
João Paulo Rosado – contrabaixo
Pedro Almiro - bateria
professor: Michael Lauren 

17h10
UÉ- Universidade de Évora
Emilia Jaén - voz
Juan Manuel Morán – saxofone
Daniel Neto – guitarra
Mario de La Cruz – piano
José Luís Mulero – contrabaixo
Amândio Filipe – bateria
professor: Óscar Marcelino da Graça

17h50
ESML- Escola Superior de Música de Lisboa
André Murraças - sax tenor
João Barradas – acordeão
Gonçalo Neto – guitarra
André Rosinha – contrabaixo
Marcelo Araújo – bateria
professor: Afonso Pais

18h30 
ULL- Universidade Lusíada de Lisboa
Catarina Dias - voz
Pedro Branco – guitarra
João Carreiro – guitarra
Luís Pinto - baixo
David Campos - bateria
professores: Joana Machado e Desidério Lázaro

 

 
Direcção Artística Carlos Martins
Produção Executiva Luís Hilário

Críticas

Não existem críticas.

Preçário

1

Descontos

Comentários

Não possui comentários. Envie o Seu !

stqqssd
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
 
BILHETEIRA
 
bilheteira@teatrosaoluiz.pt
Tel.  (+351) 213 257 650
Todos os dias, das 13h às 20h
 
Siga-nos no: facebook