TEATRO
3 E 4 DEZ

DOMINO

Bom dia, Atenas!
Sala Luis Miguel Cintra
sábado às 21h, domingo às 17h30

Sinopse

3 E 4 DEZ
TEATRO

DOMINO
Vasistas
sábado às 21h, domingo às 17h30; Sala Luis Miguel Cintra; M/12
€12 A €15 (COM DESCONTOS €5 A €10,50)
Duração (aprox.): 1h
em grego, legendado em português

FOLHA DE SALA


O que acontece mesmo antes da queda?
Uma coreografia muda para um presente frágil e um futuro incerto.
Com o foco sempre nos sobreviventes, o grupo explora o efeito dominó de uma declinação epidémica que leva a situações de emergência dentro de uma comunidade. No palco são apresentadas tentativas de re-funcionalismo humano e social antes do colapso.

Através de uma apresentação de fotos em palco, alternando uma maneira nostálgica algumas vezes intensa, outras apenas absurda, vemos painéis com fragmentos de um mundo a chegar ao fim e uma comunidade a ficar gradualmente nula e vazia. O universo estético e o desenho de luz e som do espetáculo baseiam-se em antigas gravações do século XIX e inícios do século XX, tal como em coreografias dessa altura.

Quando se tem merda até ao pescoço, a única coisa que resta é cantar.
Samuel Beckett


Direção de cena: Argyro Chioti; Interpretação: Evdoxia Androulidaki, Charalampos Galiatsatos , Efthimis Theou, Georgina Chrisikioti,  Eleni  Vergeti,  Antonis  Antonopoulos,  Matina  Pergioudaki, Nikoleta Xenariou; E uma equipa de cerca de dez pessoas; Dramaturgia: Vasistas,  Christiana  Galanopoulou; Desenho de luz:  Tassos Palaioroutas,  Marc  Vilarem; Figurinos:  Pavlos Thanopoulos; Cenografia: Eva Manidaki; Assistente de encenação: Daphne Koutra




Sinopse

3 E 4 DEZ
TEATRO

DOMINO
Vasistas
sábado às 21h, domingo às 17h30; Sala Luis Miguel Cintra; M/12
€12 A €15 (COM DESCONTOS €5 A €10,50)
Duração (aprox.): 1h
em grego, legendado em português

FOLHA DE SALA


O que acontece mesmo antes da queda?
Uma coreografia muda para um presente frágil e um futuro incerto.
Com o foco sempre nos sobreviventes, o grupo explora o efeito dominó de uma declinação epidémica que leva a situações de emergência dentro de uma comunidade. No palco são apresentadas tentativas de re-funcionalismo humano e social antes do colapso.

Através de uma apresentação de fotos em palco, alternando uma maneira nostálgica algumas vezes intensa, outras apenas absurda, vemos painéis com fragmentos de um mundo a chegar ao fim e uma comunidade a ficar gradualmente nula e vazia. O universo estético e o desenho de luz e som do espetáculo baseiam-se em antigas gravações do século XIX e inícios do século XX, tal como em coreografias dessa altura.

Quando se tem merda até ao pescoço, a única coisa que resta é cantar.
Samuel Beckett


Direção de cena: Argyro Chioti; Interpretação: Evdoxia Androulidaki, Charalampos Galiatsatos , Efthimis Theou, Georgina Chrisikioti,  Eleni  Vergeti,  Antonis  Antonopoulos,  Matina  Pergioudaki, Nikoleta Xenariou; E uma equipa de cerca de dez pessoas; Dramaturgia: Vasistas,  Christiana  Galanopoulou; Desenho de luz:  Tassos Palaioroutas,  Marc  Vilarem; Figurinos:  Pavlos Thanopoulos; Cenografia: Eva Manidaki; Assistente de encenação: Daphne Koutra




Críticas

Não existem críticas.

Preçário

0

Descontos

50% 
Cartão Maria&Luiz
Menores de 30 Anos (1ª Plateia; Camarotes Centrais e 1º Balcão Central)
Maiores de 65 anos, pessoas com deficiência e acompanhante, desempregados,estudantes, profissionais do espetáculo, funcionários da CML e Empresas Municipais 

30% 
Grupos de 10 pessoas ou mais

20% 
Protocolos e acordos

€5
Menores de 30 Anos (2ª Plateia; Frisas; 2º Balcão e Camarotes de 2ª)

Nota: É favor fazer-se acompanhar de um documento que comprove o desconto à entrada.

Comentários

Não possui comentários. Envie o Seu !

stqqssd
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
 
BILHETEIRA
 
bilheteira@teatrosaoluiz.pt
Tel.  (+351) 213 257 650
Todos os dias, das 13h às 20h
Siga-nos no: facebook