Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

Amore (título provisório)

Pippo Delbono
©Tiziano Ghidorsi
Datas e Horários

14 a 18 julho
quarta, sexta e sábado, 21h; quinta, 20h; domingo, 17h30

Local

Sala Luis Miguel Cintra

Classificação

A classificar pela CCE

Acessibilidade

Legendagem em inglês
18 julho, domingo, 17h30

Descrição

O ator e encenador italiano Pippo Delbono estreia-se no Teatro São Luiz com Amore, um espetáculo criado em Portugal, país que já o recebeu no Festival de Almada ou em salas como o Centro Cultural de Belém e o Teatro Nacional D. Maria II, e com o qual, reconhece, tem “uma especial ligação sentimental”. Amore nasce do desejo de olhar para a história de um ponto de vista mais amplo, explica: “Estamos a atravessar uma altura de grande escuridão, de grandes medos. Medos do outro, agora alimentados ainda mais pela recente pandemia. Parece que nos estamos a esquecer da nossa história e das nossas histórias.” Pensando que já fomos reis e escravos, vencidos e perdedores, colonizadores e colonizados, ricos e pobres, Delbono quer voltar a falar dessa memória e dessa dor e de “pegar na nostalgia poética que Portugal tem: na sua música e no seu canto que exprimem a ‘saudade’, uma palavra e um sentimento que tem a ver com a ‘solidão’, mas também um sentimento de aceitação do passado e fé no futuro”. E resume: “Apesar do momento sombrio e fechado ao outro em que vivemos ou mesmo por causa disso, este é um espetáculo sobre o ‘Amor’ enquanto primazia do sentir e da emoção, força que dá sentido universal à nossa humanidade.”

Desenvolvido em Setúbal, no âmbito da nova plataforma Projetos Clandestinos, o espetáculo integra a companhia de Pippo Delbono e também artistas e técnicos portugueses. Uma sinergia inédita e ditada pelo “desejo mútuo de lidar com a imaginação do outro e com diferentes práticas artísticas”, que será prolongada pelos próximos anos, numa digressão internacional.

Ficha Técnica

Coprodução Emilia Romagna Teatro Fondazione, Projetos Clandestinos, Câmara Municipal de Setúbal, Théâtre de Liège e São Luiz Teatro Municipal /// O Teatro São Luiz/EGEAC é parceiro no Projeto Europeu Teatro(s) Inclusivo(s)/Inclusive Theatres.

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides