Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website

Orquestra Sinfónica Juvenil

Direção Christopher Bochmann
Este evento já decorreu
Datas e Horários

terça 21h

Local

Sala Luis Miguel Cintra

Preço

Entrada livre sujeita ao limite da lotação da sala

Classificação

M/6

Descrição

Foi no Teatro São Luiz, há 45 anos, que se estreou a Orquestra Sinfónica Juvenil (OSJ), sob a direção do seu primeiro maestro-titular, Alberto Nunes. Nestas quatro décadas e meia, a OSJ realizou centenas de concertos por todo o país – apresentando-se inúmeras vezes onde nunca antes tinha estado uma orquestra sinfónica –, representou Portugal no estrangeiro e deu oportunidade a dezenas de jovens instrumentistas e cantores de se apresentarem a solo.
Uma vez mais, a OSJ regressa ao Teatro São Luiz, onde se apresentou já dezenas de vezes e onde tocou alguns dos mais importantes repertórios do seu percurso. Agora, preparou um programa particularmente ambicioso que inclui a estreia mundial da obra Bluff, encomendada ao jovem compositor Tiago Cabrita, e, na segunda parte, o Requiem, de Mozart, a obra maior do mestre de Salzburgo.

FOLHA DE SALA

PROGRAMA

1ª Parte

SMETANA, Bedrich Abertura A Noiva Vendida

1824 – 1884)

CABRITA, Tiago Bluff (2018) – estreia mundial
(1985)

2ª Parte

MOZART, W. Amadeus Missa de Requiem , K 626
(1756 – 1791)

Introitus: Requiem
Kyrie
Sequenz

Dies Irae
Tuba Mirum
Rex Tremendae
Recordare
Confutatis
Lacrimosa
Offertorium
Domine Jesu
Hostias
Quam oliam Abrahae
Sanctus
Benedictus
Agnus Dei
Communio
Lux aeterna

Alexandra Bernardo, soprano / Laryssa Savechenki, contralto Carlos Monteiro, tenor / Armando Possante, barítono / Coro de Câmara do Instituto Gregoriano de Lisboa 

Orquestra Sinfónica Juvenil
Direção: Christopher Bochmann

 

 

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides