Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

REDES

UM TEATRO SEMPRE LIGADO

Porque acreditamos que sozinhos nunca vamos tão longe, o São Luiz faz parte de várias redes nacionais e internacionais de criação, promoção e circulação de espetáculos e artistas e também de formação e partilha de experiências e boas práticas.
Juntos, fazemos sempre melhor.

 

PROSPERO – Extended Theatre

PROSPERO – Extended Theatre é um desafio a artistas, profissionais do teatro e espectadores, sobre a questão da identidade europeia: uma certa cultura de abertura.
Esta rede reúne 10 parceiros – nove teatros e um mediador, de nove países da União Europeia. O projeto foi construído em torno de uma nova dinâmica de colaborações, sinergias e relações entre os parceiros, as suas equipas, os artistas e os públicos, para redesenhar a produção e a distribuição dos espetáculos.
São três, os principais objetivos desta rede: imaginar outros princípios e outros desenvolvimentos para uma criação de teatro na Europa mais inclusiva e diversificada e mais ligada aos temas da sociedade atual; alargar a disseminação de trabalhos de teatro, em Teatros e no espaço digital, para chegar a novos públicos; e repensar o percurso teatral dos públicos, desde a descoberta inicial à apresentação.
Neste contexto de repetida crise que desafia a Europa a convencer os seus cidadãos, enquanto parceiros da PROSPERO tencionamos mostrar que a arte e a cultura são forças poderosas, capazes de estimular a criatividade, o intercâmbio e a coesão. Todos acreditamos que o teatro, em particular, continua a ser um fórum essencial para o diálogo, com a capacidade de criar encontros entre pessoas e de estimular o nosso sentido crítico. Através do nosso trabalho, desejamos participar no desenvolvimento artístico e cultural da Europa.
Graças ao apoio do programa Creative Europe, como parceiros da PROSPERO, fortalecidos pela sua visibilidade na Europa e abertos a outros continentes, temos conseguido desenvolver a nossa pesquisa sobre temas como teatro, media e criação, sobretudo quanto à sua evolução e modernização.

Parceiros: Théâtre de Liège (parceiro principal, Bélgica), apoiado por Wallonia-Brussels International; Emilia Romagna Teatro Fondazione (Modena, Itália); São Luiz Teatro Municipal (Lisboa, Portugal); Göteborgs Stadsteater (Gotemburgo, Suécia); Hrvatsko narodno kazalište u Zagrebu (Zagreb, Croácia); Teatros del Canal (Madrid, Espanha); Schaubühne am Lehniner Platz (Berlim, Alemanha); Teatr Powszechny (Varsóvia, Polónia); Odéon-Théâtre de l’Europe (Paris, França); ARTE

PROSPERO – Extended Theatre, apoiado pelo programa Creative Europe da Comissão Europeia (2014-2020), é a continuação da European Theatre Network, projeto apoiado pela União Europeia entre 2008 e 2012. A PROSPERO continuou o seu trabalho e ajudou a apoiar produções de, entre outros, Thomas Ostermeier, Teatro Praga, Katie Mitchell, Bobo Jelčić, Angelica Liddell, Milo Rau, Christine Letailleur, Anne-Cécile Vandalem.

info@prospero-theatre.eu

 

 

INCLUSIVE THEATER(S)

Inclusive theater(s) é um projeto de cooperação em larga escala, que envolve seis países durante 30 meses, entre 2019 e 2023, e que tem como principal objetivo desenvolver novos públicos através de ações inclusivas para pessoas com necessidades específicas, durante a apresentação de artes performativas na Europa. Envolve operadores culturais, audiodescritores, serviços de audiodescrição; intérpretes de língua gestual e serviços similares; Surdos, cegos e pessoas de baixa visão. Pretende, ainda, envolver as comunidades, os decisores, os meios de comunicação, os jornalistas e o público geral.
Em novembro de 2020, os parceiros italianos do Inclusive theater(s), a ATER Associazione Teatrale Emilia Romagna, organizaram o webinar Let’s Raise The Curtain on Inclusion – Making live events accessible to the visually impaired audience, em torno da audiodescrição. Agora, em abril de 2021, é a vez dos parceiros gregos do THEAMA – Theatre for the disabled dinamizarem o webinar Let’s Raise The Curtain on Inclusion – Making live events accessible to deaf and hard of hearing audiences, pensando nos espectadores Surdos.
Nos dias 3 e 4 de julho deste ano será Lisboa a receber todos os parceiros deste projeto, no seminário organizado pelo Teatro São Luiz, com o tema Let’s Raise The Curtain on Inclusion – Access schemes and policy. Making Theater more inclusive, que irá refletir sobre as questões da acessibilidade e da inclusão.
Haverá reuniões, debates, uma pequena conferência e visitas guiadas a equipamentos culturais geridos pela EGEAC. No último dia, assistiremos, em conjunto, à peça em cena no São Luiz, Hamster Clown, de Ricardo Neves-Neves, com o recurso de audio-
descrição e respetivo reconhecimento de palco.

Parceiros: ATER Associazione Teatrale Emilia Romagna, Itália; EGEAC/São Luiz Teatro Municipal, Portugal; Fundacion Caja Granada, Espanha; Plavo Pozoriste – Pozorisna Laboratorija, Sérvia; Theatro Atomon Me Anapiria, Grécia; University of Wolverhampton, Reino Unido

www.creativeeuropeuk.eu/funded-projects/inclusive-theaters

 

 

REDE AMARELO

A AMARELO é uma rede que nasce da vontade e do interesse de oito estruturas nacionais. Tem como missão a promoção da criação e circulação de projetos artísticos para crianças e jovens, a valorização do trabalho em parceria a nível nacional e internacional, assim como a discussão e reflexão sobre as práticas artísticas e de mediação, no âmbito de um plano de ação que decorre entre 2019 e 2021.

Parceiros: Centro de Arte de Ovar, Ovar; Comédias do Minho, Paredes de Coura; Dançando com a Diferença, Funchal; São Luiz Teatro Municipal, Lisboa; Teatro Municipal de Bragança, Bragança; Teatro Municipal do Porto, Porto; Teatro Viriato, Viseu; Walk&Talk, Ponta Delgada.

 

 

REDE 5 SENTIDOS

Criada em 2009, no âmbito do QREN 2007-2013, tem o intuito de promover a programação cultural e a produção artística em rede. Atualmente composta por 11 equipamentos culturais do país, procura apoiar e dinamizar o desenvolvimento das artes performativas em Portugal, organizando digressões de espetáculos e apoiando a produção de novas criações através de cofinanciamentos, coproduções e residências. A estratégia da Rede 5 Sentidos – assente na troca de saberes, processos e experiências de trabalho – visa fortalecer o desempenho dos parceiros, dinamizar a criação artística e alargar os públicos.

Associados: Teatro Viriato (Viseu), Centro Cultural Vila Flor (Guimarães), Centro de Arte de Ovar (Ovar), O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo), Teatro Académico de Gil Vicente (Coimbra), São Luiz Teatro Municipal (Lisboa), Teatro Micaelense (Ponta Delgada), Teatro Municipal da Guarda, Teatro Nacional São João (Porto), Teatro Virgínia (Torres Novas) e Teatro Municipal do Porto Rivoli. Campo Alegre (Porto).