Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

REDES

UM TEATRO SEMPRE LIGADO

Porque acreditamos que sozinhos nunca vamos tão longe, o São Luiz faz parte de várias redes nacionais e internacionais de criação, promoção e circulação de espetáculos e artistas e também de formação e partilha de experiências e boas práticas.
Juntos, fazemos sempre melhor.

 

PROSPERO – Extended Theatre

PROSPERO – Extended Theatre é um desafio a artistas, profissionais do teatro e espectadores, sobre a questão da identidade europeia: uma certa cultura de abertura.
Esta rede reúne 10 parceiros – nove teatros e um mediador, de nove países da União Europeia. O projeto foi construído em torno de uma nova dinâmica de colaborações, sinergias e relações entre os parceiros, as suas equipas, os artistas e os públicos, para redesenhar a produção e a distribuição dos espetáculos.
São três, os principais objetivos desta rede: imaginar outros princípios e outros desenvolvimentos para uma criação de teatro na Europa mais inclusiva e diversificada e mais ligada aos temas da sociedade atual; alargar a disseminação de trabalhos de teatro, em Teatros e no espaço digital, para chegar a novos públicos; e repensar o percurso teatral dos públicos, desde a descoberta inicial à apresentação.
Neste contexto de repetida crise que desafia a Europa a convencer os seus cidadãos, enquanto parceiros da PROSPERO tencionamos mostrar que a arte e a cultura são forças poderosas, capazes de estimular a criatividade, o intercâmbio e a coesão. Todos acreditamos que o teatro, em particular, continua a ser um fórum essencial para o diálogo, com a capacidade de criar encontros entre pessoas e de estimular o nosso sentido crítico. Através do nosso trabalho, desejamos participar no desenvolvimento artístico e cultural da Europa.
Graças ao apoio do programa Creative Europe, como parceiros da PROSPERO, fortalecidos pela sua visibilidade na Europa e abertos a outros continentes, temos conseguido desenvolver a nossa pesquisa sobre temas como teatro, media e criação, sobretudo quanto à sua evolução e modernização.

Parceiros: Théâtre de Liège (parceiro principal, Bélgica), apoiado por Wallonia-Brussels International; Emilia Romagna Teatro Fondazione (Modena, Itália); São Luiz Teatro Municipal (Lisboa, Portugal); Göteborgs Stadsteater (Gotemburgo, Suécia); Hrvatsko narodno kazalište u Zagrebu (Zagreb, Croácia); Teatros del Canal (Madrid, Espanha); Schaubühne am Lehniner Platz (Berlim, Alemanha); Teatr Powszechny (Varsóvia, Polónia); Odéon-Théâtre de l’Europe (Paris, França); ARTE

PROSPERO – Extended Theatre, apoiado pelo programa Creative Europe da Comissão Europeia (2014-2020), é a continuação da European Theatre Network, projeto apoiado pela União Europeia entre 2008 e 2012. A PROSPERO continuou o seu trabalho e ajudou a apoiar produções de, entre outros, Thomas Ostermeier, Teatro Praga, Katie Mitchell, Bobo Jelčić, Angelica Liddell, Milo Rau, Christine Letailleur, Anne-Cécile Vandalem.

info@prospero-theatre.eu

 

 

INCLUSIVE THEATER(S)

Inclusive Theater(s) é um projeto de cooperação em larga escala, que envolve vários países durante 30 meses, entre 2019 e 2023, e que tem como principal objetivo desenvolver novos públicos através de ações inclusivas para pessoas com necessidades específicas, durante a apresentação de artes performativas na Europa. Envolve operadores culturais, audiodescritores, serviços de audiodescrição; intérpretes de língua gestual e serviços similares; Surdos, cegos e pessoas de baixa visão. Pretende, ainda, envolver as comunidades, os decisores, os meios de comunicação e o público geral.
Em novembro de 2020, os parceiros italianos do Inclusive Theater(s), a ATER Associazione Teatrale Emilia Romagna, organizaram o webinar Let’s Raise The Curtain on Inclusion – Making live events accessible to the visually impaired audience, em torno da audiodescrição. Em abril de 2021, foi a vez dos parceiros gregos do THEAMA – Theatre for the disabled dinamizarem o webinar Let’s Raise The Curtain on Inclusion – Making live events accessible to deaf and hard of hearing audiences, pensando nos espectadores Surdos.
Em julho  Lisboa recebe os parceiros deste projeto, no encontro organizado pelo Teatro São Luiz, com o tema Accessibility Themes and Policies. Making Theater more inclusive, uma reflexão sobre questões de acessibilidade e inclusão.

Parceiros: ATER Associazione Teatrale Emilia Romagna, Itália; EGEAC/São Luiz Teatro Municipal, Portugal; Plavo Pozoriste – Pozorisna Laboratorija, Sérvia; Theatro Atomon Me Anapiria, Grécia; University of Wolverhampton, Reino Unido, Producciones Audiosigno, S.R.L., Espanha

www.creativeeuropeuk.eu/funded-projects/inclusive-theaters

 

 

REDE AMARELO

A AMARELO é uma rede que nasce da vontade e do interesse de oito estruturas nacionais. Tem como missão a promoção da criação e circulação de projetos artísticos para crianças e jovens, a valorização do trabalho em parceria a nível nacional e internacional, assim como a discussão e reflexão sobre as práticas artísticas e de mediação, no âmbito de um plano de ação que decorre entre 2019 e 2021.

Parceiros: Centro de Arte de Ovar, Ovar; Comédias do Minho, Paredes de Coura; Dançando com a Diferença, Funchal; São Luiz Teatro Municipal, Lisboa; Teatro Municipal de Bragança, Bragança; Teatro Municipal do Porto, Porto; Teatro Viriato, Viseu; Walk&Talk, Ponta Delgada.

 

 

REDE 5 SENTIDOS

Criada em 2009, no âmbito do QREN 2007-2013, tem o intuito de promover a programação cultural e a produção artística em rede. Atualmente composta por 11 equipamentos culturais do país, procura apoiar e dinamizar o desenvolvimento das artes performativas em Portugal, organizando digressões de espetáculos e apoiando a produção de novas criações através de cofinanciamentos, coproduções e residências. A estratégia da Rede 5 Sentidos – assente na troca de saberes, processos e experiências de trabalho – visa fortalecer o desempenho dos parceiros, dinamizar a criação artística e alargar os públicos.

Associados: Teatro Viriato (Viseu), Centro Cultural Vila Flor (Guimarães), Centro de Arte de Ovar (Ovar), O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo), Teatro Académico de Gil Vicente (Coimbra), São Luiz Teatro Municipal (Lisboa), Teatro Micaelense (Ponta Delgada), Teatro Municipal da Guarda, Teatro Nacional São João (Porto), Teatro Virgínia (Torres Novas) e Teatro Municipal do Porto Rivoli. Campo Alegre (Porto).

Novas Medidas ×

A partir de 1 dezembro e até outra indicação da DGS, de acordo com as novas medidas para acesso a eventos com lugares marcados, é necessário apresentar certificado de vacinação ou recuperação válidos ou certificado de testagem negativo (teste PCR realizado nas 72h antes do espetáculo; teste antigénio realizado nas 48h antes do espetáculo). Para mais informações, contactar a bilheteira pelo telefone: 213 257 650 ou pelo email: bilheteira@teatrosaoluiz.pt

Saber Mais