Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

ANTIPRINCESAS – CLARICE LISPECTOR

CLÁUDIA GAIOLAS
Antiprincesas - Clarice Lispector ©José Frade
Datas e Horários

28 e 29 setembro
sábado e domingo, 11h e 16h

Local

Jardim do Torel

Preço

Entrada livre

Classificação

m/6
Público-alvo: m/3

Acessibilidade
Língua Gestual Portuguesa

29 setembro, domingo 11h

Descrição

Cláudia Gaiolas continua o ciclo de espetáculos Antiprincesas, que partiu da coleção de livros editada pela Tinta da China e pela EGEAC, e nesta temporada estreia duas peças dedicadas às mulheres portuguesas que marcaram a história. Um trabalho que revoluciona o modo como olhamos para meninas e meninos, raparigas e rapazes, mulheres e homens. Aqui todos são igualmente ferozes, frágeis, curiosas e curiosos, detentores de delicadeza e aventura. Não há solenidade para apresentar estas personagens inspiradoras. Elas são protagonistas, narradoras das suas próprias aventuras e inventoras de jogos e brincadeiras.

Clarice Lispector nasceu na Ucrânia, numa aldeia que não figura no mapa de tão pequena e insignificante. Os seus pais fugiram da guerra e foram parar ao Brasil, onde Clarice cresceu e se tornou uma grande escritora. Escrevia sobre os mistérios do universo e da alma humana, mas também sobre galinhas fugitivas, coelhos pensantes e um cachorro que comia cigarros.

 

Ficha Técnica

Direção e interpretação Cláudia Gaiolas Assistência de direção Leonor Cabral Dramaturgia Alex Cassal Cenografia e figurinos Ângela Rocha Produção executiva Armando Valente Uma encomenda São Luiz Teatro Municipal e EGEAC – Programação em Espaço Público, em coprodução com teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides