Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

Bravo 2023!

Teatro Praga
©Carlos Pinto
Este evento já decorreu
Datas e Horários

13 a 22 dezembro
terça a sábado, 20h; domingo, 17h30

Local

Sala Luis Miguel Cintra

Duração

3h (com intervalo)

Preço

€12 a €15 (com descontos) | (Abrangido pelo Passe Cultura - disponível apenas na bilheteira do Teatro)

Classificação

M/16

Acessibilidade
Língua Gestual Portuguesa Audiodescrição

22 dezembro, sexta, 20h

Descrição

Após o sucesso de Tropa-Fandanga, o Teatro Praga regressa à revista à portuguesa com Bravo 2023!. Obrigando-se a seguir o princípio de atualização permanente imposto pelo teatro de revista tradicional, de modo a estar mais próximo dos seus dias, Bravo 2023! faz disso o seu tema. A sua estrutura cerrada é usada para fazer um balanço final do ano transato, propondo-se um espetáculo que é um atlas dos eventos mais marcantes do ano de 2023. Apresentados nos teatros de feira de Paris nos princípios do século XVIII, os primeiros espetáculos de revista consistiam numa revisão burlesca e caricata de acontecimentos e figuras que se tinham destacado nos doze meses anteriores. É este o modelo que se acha importado em Portugal. Mostrando que “tem alma e não morre”, a revista Bravo 2023! do Teatro Praga vem fechar o ano com um espetáculo alegre, estouvado, para sacudir os espíritos mais calados e agitar o público com uma revisão que nos faz trautear canções e aplaudir a vida de pé. Um espetáculo de elogios e louvores, de acidentes, tragédias, risos e críticas, que procura o modo mais justo para tempos conturbados, onde os passados e as geografias se misturam. Com tropeções a pontapé, passa-se o ano em revista ao som de música para levantar a moral e com um texto escrito a várias mãos, que nos faz desejar o impossível, e que fala da história, do que está perto e do que está longe. O teatro estende novamente a passadeira vermelha que nos leva ao teatro. Bravo 2023! é um anuário no fim do ano onde tudo pode acontecer.

 

FOLHA DE SALA

Ficha Técnica

Um espetáculo Teatro Praga Interpretação e cocriação André e. Teodósio, André “Speedy” Garcia, Cláudia Jardim, David Mesquita, Diogo Bento, Guilherme Leal, Jenny Larrue, Joana Barrios, Joana Manuel, J.M. Vieira Mendes, Marina Mota, Sandra Rosado, Simão Telles e Tiago Vieira Música Moisés Fernandes (trompete), João Cabrita (saxofone), Sofia Grácio (piano e sintetizadores), Hayden Nóbrega (bateria e flauta transversal), Bernardo Fesch (baixo) e Alex D’Alva Teixeira (voz e guitarras) Cenografia João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira Telões Adriana Proganó e Eugénia Mussa Figurinos Joana Barrios Músicas originais Pedro Mafama Maestro, orquestração e direção musical Alex D’Alva Teixeira Desenho de luz Daniel Worm Desenho de Som Miguel Lucas Mendes Confeção de figurinos Rosário Balbi, Paulo Julião, Jenny Larrue e Caio Guedes Fotografia Carlos Pinto Fotografia de palco Alípio Padilha Design de comunicação e cartaz Afonso de Matos Direção de produção Marisa F. Falcón Produção executiva Rita Pessoa Assistência de produção Beatriz Abelha Operação de legendas Beatriz Carvalho Técnico de som Pedro Baptista Coprodução Teatro Praga, Teatro Municipal do Porto – Rivoli e São Luiz Teatro Municipal Apoios Copitec, El Corte Inglês, Griffe Hairstyle, Infraestruturas de Portugal (Sala do Rei), Lux,  Marcha da Bica, Marcha de São Vicente, N&H Hotels, Studio 8, Teatro Nacional São Carlos. Agradecimentos Abilio Leitão, Aida Tavares,  Aleksandar Protic, Beatriz Carneiro, Bruno Santos, Carlos Malta, Carlos Roque, Cristina Gomes, Dino Alves, Fernanda Silva, Gonçalo Cerá, Helena Vaz Pereira, Jesse James, João Chaves, João Paulo Soares, Lúcia Azevedo, Lux Frágil, Manuel Tomé Romano, Maria Emanuel Albergaria, Milton Pereira, Mischa, Mitra, Nuno Nunes-Ferreira, Tiago Alexandre, Pedro Escara, Pedro Faro, Pedro Rodrigues, Pisão, Tiago Bartolomeu Costa

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides
Concerto Adiado ×

Por razões alheias ao Teatro São Luiz e à Orquestra do Algarve, o concerto Foco Maestro – Martim Sousa Tavares e Orquestra do Algarve, previsto para 25 junho, às 20h, é adiado para 7 dezembro, sábado, às 20h.

Saber Mais