Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

DISQUIET

Programa Literário Internacional – 10ª edição
©Kurt Rogers
Datas e Horários

27 junho
segunda, 14h30

7 julho
quinta, 14h30

Local

Sala Bernardo Sassetti

Preço

Entrada livre sujeita à lotação da sala. Bilhetes disponíveis no próprio dia na bilheteira do Teatro a partir das 13h30.

Descrição

Entre os próximos dias 26 de junho e 8 de julho, e depois de um forçado interregno de dois anos, Lisboa acolherá mais de uma centena de escritores norte-americanos que participam na décima edição do encontro DISQUIET. O programa, organizado pelo Centro Nacional de Cultura em parceria com a editora independente norte-americana Dzanc Books, inclui uma série de workshops e de sessões com autores lusófonos.
DISQUIET – Programa Literário Internacional foi lançado em 2011 e parte do princípio que a imersão numa cultura estrangeira, num ambiente diferente do habitual, e a consequente quebra de rotinas, tendem a estimular a criatividade, abrindo novas perspetivas e novos ângulos de interpretação do mundo que nos rodeia, resultando num indubitável enriquecimento para todos aqueles que nele participam. A iniciativa conta desde a sua primeira edição com o apoio da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento e do Ministério da Cultura.

Na edição de 2022 participarão os seguintes autores de língua portuguesa: Ondjaki, Ana Margarida de Carvalho, Djaimilia Pereira de Almeida, Patrícia Portela, Patrícia Reis, Teolinda Gersão, Ana Paula Tavares, Jacinto Lucas Pires, Yara Monteiro, Susana Moreira Marques, Matilde Campilho, Rui Cardoso Martins e ainda o fotojornalista António Pedrosa. Entre os convidados norte-americanos estarão, entre outros, os escritores Tayari Jones, Ben Lerner, Maaza Mengiste, Danielle Evans, Shayla Lawson, Gabriel Bump, T Kira Madden, Katherine Vaz, Richard Zenith e ainda Jennifer Acker (da revista The Common) e editores da revista Granta. Estão também previstas sessões de trabalho dirigidas por Jensen Beach, Deanne Fitzmaurice, Arthur Flowers, Annie Liontas, Cyriaco Lopez e Terri Witek.

As sessões, algumas delas abertas ao público em geral, decorrerão no Centro Nacional de Cultura, na FLAD, no Teatro São Luiz, na Brotéria, na Fundação José Saramago, no Teatro Nacional de São Carlos, no Claustro do Museu de São Roque e no Grémio Literário.

Ampliando a experiência iniciada em 2018, será também organizada, imediatamente após o programa de Lisboa, uma Residência Literária em Loulé, no Algarve, intitulada (DIS)QUIET LOULÉ, durante a qual um grupo mais reduzido de escritores terão oportunidade de escrever e de se conhecer melhor, aproveitando a experiência intensa que viveram durante o programa em Lisboa e em contraponto com a mesma.

 

PROGRAMA DISQUIET NO SÃO LUIZ

27 junho, 14h30
Painel de Escritoras Ucranianas

As escritoras contemporâneas ucranianas  Sofia Andrukhovych e Lyuba Yakimchuk, entre outros, leem as suas obras e discutem a situação na Ucrânia.

Sofia Andrukhovych é uma escritora de Ivano-Frankivsk, no oeste da Ucrânia. Escreveu três livros de prosa curta, três romances, um livro infantil e ensaios. O seu romance Felix Austria (2014) ganhou o prêmio BBC ucraniano Book of the Year e, em 2015, ela recebeu o prémio Joseph Conrad-Korzeniowski. Seu último romance, Amadoka (2019), entrelaça as histórias da guerra em curso contra a Rússia, as repressões estalinistas da década de 1930 e o Holocausto na Ucrânia.

Lyuba Yakimchuk é poeta, dramaturga e guionista. Originária da região de Luhansk, na Ucrânia, e atualmente morando em Kiev, é autora de várias coleções completas de poesia, incluindo Damascos de Donbas, que recebeu o Prémio Internacional de Poesia da Fundação Kovalev. Este livro constou no Top 10 de livros sobre a guerra na revista Forbes, Ucrânia. Yakimchuk recebeu vários prémios, incluindo o Prémio Internacional de Poesia Eslava. Os seus poemas foram traduzidos em vinte idiomas. Em 2015, a revista New Time de Kiev destacou Yakimchuk entre as cem pessoas mais influentes nas artes na Ucrânia. Em 2022, ela apresentou o seu poema Prayer com Free de John Legend nos Grammy Awards.

 

 

A sessão de 28 junho foi adiada para 7 julho, 14h30
Leitura e Sessão de Perguntas e Respostas em torno de Fernando Pessoa com Richard Zenith

A biografia de Pessoa de Richard Zenith foi finalista do Prémio Pulitzer em 2022. Education by Stone: Selected Poems do brasileiro João Cabral de Melo Neto ganhou o prémio de tradução de 2006 da Academy of American Poets. Além das suas volumosas traduções da obra de Pessoa e de obras de outros poetas portugueses, as traduções de ficção de Zenith incluem romances de António Lobo Antunes, José Luandino Vieira e José Luís Peixoto. Autor de Fotobiografia de Fernando Pessoa, publicou também poemas e uma coletânea de contos, Terceiras Pessoas.

 

 

disquietinternational.org
cnc.pt

Ficha Técnica

Organização Centro Nacional de Cultura

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides