Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website

PARECE QUE O MUNDO

De Clara Andermatt e João Lucas
©Estelle Valente
Este evento já decorreu
Datas e Horários

22, 23 e 25 novembro
quinta e sexta, 21h
domingo, 17h30

 

Conversa com os artistas:
domingo, 25 novembro, após o espetáculo

 

Local

Sala Luis Miguel Cintra

Duração

1h20 aprox.

Preço

€12 a €15 com descontos

Classificação

M/6

Acessibilidade
Audiodescrição

25 novembro, domingo, 17h30

Descrição

A coreógrafa Clara Andermatt junta-se ao pianista e compositor João Lucas, seu colaborador de longa data. Uma cumplicidade criativa em permanente atualização, alimentada pelo questionamento das relações expressivas entre o movimento e a música. Parece que o Mundo, inspirado na obra Palomar, de Italo Calvino, é uma montra que nos aproxima do mundo que observa e é observado. Conjugando intuição e pensamento metódico, a atenção às coisas movimenta-se pela imensidão daquilo que parece – quer nas relações mais amplas com o cosmos ou com o infinito, quer no âmbito mais restrito das observações quotidianas, construindo os seus símbolos e os seus significados. Com um elenco de bailarinos e músicos, esta peça, tal como a obra que a inspira, movimenta-se em três planos distintos: o da observação, o da narrativa e o da meditação.

FOLHA DE SALA

Ficha Técnica

Direção Clara Andermatt Cocriação Clara Andermatt e João Lucas Intérpretes Ana Moreno, Felix Lozano, Gil Dionísio, Joana Guerra, João Madeira, Jolanda Löellmann e Liliana Garcia Cenografia Artur Pinheiro Figurinos Ana Direito Desenho de luz José Álvaro Correia Banda sonora eletrónica Jonas Runa Produção executiva ACCCA – Companhia Clara Andermatt Apoios O Espaço do Tempo, Musibéria, Estúdios Vítor Córdon CNB-TNSC, Jazzy Dance Studios, Playbowling de Cascais, Teatro do Bairro Apoio à divulgação Antena 2, Lisbon Arte Hotel Coprodução Cine-Teatro Louletano, Teatro Municipal do Porto,  Companhia Clara Andermatt e São Luiz Teatro Municipal

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides