Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

Samuel Úria

2000 A.D.
DR
Datas e Horários

8 outubro
terça, 20h

Local

Sala Luis Miguel Cintra

Preço

€12 a €22 | (Não abrangido pelo Passe Cultura)

Classificação

M/6

Descrição

Samuel Úria está regresso ao Teatro São Luiz com o enigmático 2000 A.D.. Data de abril de 2016 a sua passagem pela sala Luis Miguel Cintra para a inesquecível estreia de Carga de Ombro e, tal como na altura se anunciava, também agora “Samuel tem algo de novo para contar e que nos faz chegar em forma de canções”. Escreve o músico: “Para uma determinada geração nascida no século passado – a denominada ‘Geração X’ ou, desambiguando, aquelas pessoas em idade ativa que se queixam de dores de costas com demasiada frequência – o cruzar do ano 2000 afigurou-se um marco menos intenso do que a prévia antecipação do ano 2000. A previsão dessa efeméride foi, durante muito tempo, pejada dum sentimento esperançoso, de ensejos otimistas; era a súmula de toda a ideia de progresso, o sinónimo cristalizado do futuro.
Mais de duas décadas volvidas, e com os anos a avolumarem-se de forma trivial, a surpresa anestesiou-se e a deceção latente vem engordando. Não é que o presente dos computadores no bolso seja menos impressionante que o futuro dos carros voadores, mas qualquer rescaldo do progresso trará refluxo para amargos de boca. Era suposto a História deixar de reescrever-se depois do ano 2000 e, afinal, por muito que mude o papel, a caligrafia garatujada segue igual. No último meio século, os brados de liberdade passaram de gritos de celebração para gritos de socorro. A boa velha monocularidade da verdade tornou-se vesga, multiplicada e adulterada por lentes e ecrãs: serve mal o Bem, serve bem o Mal. Sacrificou-se a virtude em altares a bezerros dourados; deram-se as chaves das revoluções aos mais beatos censores. Não será esta a melhor altura para se cantar um futuro que, mesmo ultrapassado, tarda em chegar?”
O ano 2000 chega em outubro ao Teatro São Luiz.

Ficha Técnica

Samuel Úria voz, guitarra elétrica, guitarra acústica Jónatas Pires guitarra elétrica, guitarra acústica, voz Silas Ferreira teclados, sampler, percussão, voz António Quintino baixo, voz Tiago Ramos bateria, percussão, voz Coapresentação Vachier & Associados e São Luiz Teatro Municipal

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides