Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

A minha filha partiu uma tigela

Um Quarto que Seja Delas – Segundo Ciclo de Leituras Encenadas
Encenação e dramaturgia Sara Carinhas Textos Ana Luísa Amaral
©Sara Carinhas
Datas e Horários

20 outubro
terça, 19h

Local

Sala Bernardo Sassetti

Preço

€7 (com descontos)

Classificação

M/12

Descrição

A voz de Ana Luísa Amaral ensina a quem a recebe o fascínio pelas coisas dos dias, pela reflexão possível delas. Ser ou escrever sobre se ser? Apanhar os cacos ou escrever de longe, à distância, sobre o desastre, sobre a infância, sobre Londres, sobre a casa vazia. A sua escrita madrugadora e insone é uma lente acutilante de observação humana, tornada palpável a cada folha. Quatro mulheres-de-teatro, que conhecem no corpo o que dizem essas folhas, vão poder sentar-se dentro dos poemas, ao lado da gata de Ana, da filha de Ana, dos livros na mesa de Ana, arrumando a cozinha de Ana, olhando para Ana que olha para elas.

Foi em 2016 que Sara Carinhas organizou o Ciclo de Leituras Encenadas no antigo Jardim de Inverno, onde se ouviram excertos de obras de Herberto Hélder, José Tolentino Mendonça, Luísa Costa Gomes, Maria Velho da Costa e Matilde Campilho. Uma vez por mês, ao fim da tarde, intérpretes e público partilharam palavras em português a diferentes vozes. Quatro anos depois, a Sala Bernardo Sassetti recebe o Um Quarto que Seja Delas – Segundo Ciclo de Leituras Encenadas, com cinco sessões a decorrer entre setembro de 2020 e janeiro de 2021. Uma proposta que conta com mais de vinte mulheres, entre autoras, atrizes e equipa artística. “Continuamos a demanda da partilha da literatura e do teatro dos pequenos gestos que as palavras pedem”, diz Sara Carinhas.

Ficha Técnica

Encenação e dramaturgia Sara Carinhas Textos Ana Luísa Amaral Com Alexandra Lencastre, Ana Nave, Rita Loureiro e Sofia de Portugal Sonoplastia Madalena Palmeirim

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides