Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

Vies de Papier

La Bande Passante (França)
Espetáculo inserido na programação do FIMFA Lx19 – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas
© Thomas Faverjon
Datas e Horários

Sábado e domingo às 19h

Técnica: Teatro de objetos
Idioma: Francês, com legendagem em português

Local

Sala Mário Viegas

Duração

75 min

Preço

€12 com descontos

Classificação

Público-alvo: +11 (A classificar pela CCE)

Descrição

Vies de Papier nasceu de um achado singular: um álbum de fotografias perfeitamente preservado, comprado numa feira da ladra, na Bélgica, leva Benoît Faivre e Tommy Laszlo a realizarem uma
investigação que os leva a Berlim, Frankfurt, Bruxelas e até à própria história da sua família. Qual era o objetivo? Descobrir quem era a pessoa cuja vida estava contida naquele álbum, uma mulher nascida em 1933 na Alemanha, desde o nascimento até ao seu casamento na Bélgica, enfrentar a turbulência da história e tentar compreender por que este objeto os tocava tanto. Reminiscências e coincidências pontuam essa viagem iniciática pela memória.

Ficha Técnica

Direção artística e interpretação Benoît Faivre e Tommy Laszlo Régie Marie-Jeanne Assayag-Lion Escrita e realização Benoît Faivre, Kathleen Fortin, Pauline Jardel e Tommy Laszlo Olhar exterior Kathleen Fortin Fotografias Pauline Jardel Música Gabriel Fabing Luz Marie-Jeanne Assayag-Lion Figurinos Daniel Trento Técnica e construção Marie- Jeanne Assayag-Lion, David Gallaire, Thierry Mathieu e Daniel Trento Construção de cenografia La Boîte à Sel Direção de produção Claire Girod Assistente de produção Aurélie Burgun Coprodução Théâtre Gérard-Philipe, Scène Conventionnée de Frouard; MarionNEttes, Festival International de Neuchâtel (Suíça), Centre Culturel André-Malraux, Scène Nationale de Vandoeuvre-les-Nancy; La Méridienne, Scène Conventionnée de Lunéville, Espace Jéliote, Scène Conventionnée Marionnette d’Oloron-Sainte-Marie; Le Carreau, Scène Nationale de Forbach et de l’Est Mosellan; Mil Tamm, Projet Culturel du Pays de Pontivy; T-Werk Potsdam; Le Sablier, Pôle des Arts de la Marionnette en Normandie – Ifs/ Dives-sur-Mer; Moselle Arts Vivants; La Ville de Bruxelles / Nuit Blanche ; La Ville de Metz (services patrimoine, archives, médiathèques); Metz Métropole (Musée de la Cour d’Or) Apoios Texto laureado pela Commission Nationale d’Aide à la Création de Textes Dramatiques – ARTCENA / Mention Dramaturgies Plurielles; aide à la production dramatique – DRAC Grand-Est; aide à la résidence DRAC Grand-Est / Agence culturelle d’Alsace. A companhia La Bande Passante é apoiada pela Région Grand Est 2017- 2019

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides