Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website

MARINHO

De Margarida Mestre
Datas e Horários

Famílias: sábado e domingo, 16h

 

Escolas: quinta e sexta, 10h30 e 14h30
Conversa com os artistas após os espetáculos para escolas

Local

Sala Mário Viegas

Preço

€3 criança, €7 adulto

Classificação

Público-alvo: > 6 anos; M/6

Acessibilidade
Sessão Descontraída

Famílias: domingo, 10 março, 16h

Descrição

Margarida Mestre mergulha no mar para criar um espetáculo para os mais novos, carregado de perguntas: “O que é que acontece na realidade e no nosso imaginário quando nos relacionamos com essa imensidão líquida que é o mar, que tanto tem cá fora como lá dentro, que tanto provoca atração como medo, que tanta História nos fez, tanta história nos dá, e tantas nos faz fazer? Como mergulhamos agora nessa matéria infinita? Como a trazemos para terra em forma de língua, em forma de experiência, em forma de visão? Estamos como o mar. Em jeito de constante agitação…”

 

Programação paralela a Marinho, para as escolas que assistam ao espetáculo:

Oficinas Marinhas
25 a 28 fevereiro

Oficina de apresentação dos materiais que fazem parte do espetáculo Marinho: de onde nasceu a ideia, como foi pensada e concretizada em matérias que são feitas ao vivo. Qual é a nossa relação com o mar do ponto de vista da Geografia, da História, da Biologia e da experiência física… Experiências de desenho, som, movimento e pensamento em redor de detalhes que fazem parte da dramaturgia posta em cena.

As sessões têm lugar nas escolas que efetuem inscrição nesta atividade
Destinatários: alunos do 1º ciclo (3º ou 4º anos) que assistam às apresentações de 7 e 8 de março.
Duração de cada sessão: 60 min.
Gratuito mediante inscrição em maisnovos@teatrosaoluiz.pt

Comunicação Ana Pêgo
março
Marinho é o que vem do mar. E o mar é vida! O mar dá vida! Mas, o imenso mar está em risco e, a nossa vida depende da sua vida. Há espécies que desaparecem e outras que surgem, como é o caso do Plasticus Maritimus. O que é? De onde veio? Vamos conhecer as coisas boas que o mar nos dá e o que podemos fazer para o salvar.

Gratuito mediante inscrição em maisnovos@teatrosaoluiz.pt, para as escolas que assistam ao espetáculo

Espetáculo, oficina e comunicação incluídos na programação Um Artista, Sete Programadores, que junta vários teatros municipais do país em torno de um mesmo criador.

Ficha Técnica

Conceção e Interpretação Margarida Mestre Música original e ao vivo Henrique Fernandes Espaço cénico e figurinos Maria João Castelo Desenho de luz Nuno Figueira Making-of vídeo Faz Filmes Antropólogo convidado Pedro Prista Bióloga convidada Ana Pêgo Produção Vanda Cerejo – Materiais Diversos Apoio EMEPC – Estrutura de Missão para Extensão da Plataforma Continental, Escola Superior de Dança – Instituto Politécnico de Lisboa e Fundação GDA / Ciclo Um Artista Sete Programadores, uma iniciativa e coprodução CCB-Fábrica das Artes (março 2018), Centro de Arte de Ovar (maio 2018), Cine – Teatro Louletano (outubro 2018), Teatro Municipal do Porto (novembro 2018), Culturgest (janeiro 2019), São Luiz Teatro Municipal (março 2019) e Teatro Viriato (maio 2019)

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides