Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

MIL E UMA NOITES: Elas estiveram nas prisões do fascismo

UMCOLETIVO / Cátia Terrinca
Sessões para Escolas
DR
Datas e Horários

Escolas
15 dezembro
quinta, 10h30 e 16h30

marcação por e-mail:
maisnovos@teatrosaoluiz.pt

Local

Sala Mário Viegas

Preço

€3 por aluno

Classificação

M/12

Descrição

Mil e Uma Noites é um projeto cívico e artístico de longa duração que, através do teatro radiofónico, resgata do esquecimento a obra de mulheres portuguesas do século XX. Qual Xerazade, embalam-se os ouvintes, apaixonando-os por uma constelação de mulheres esquecidas, apagadas, censuradas e torturadas. No Teatro São Luiz, acontecem dez sessões de escuta, a partir de temáticas tão distintas como canções de trabalho ou cartas de guerra.

FOLHA DE SALA

A partir do livro homónimo, lançado pela URAP – União de Resistentes Antifascistas Portugueses, trabalha-se o espólio de cartas de Ivone Dias Lourenço, Maria Luísa Costa Dias, Aida da Conceição Paula, Maria Alda Nogueira, Fernanda Paiva Tomás, bem como testemunhos que permitem vislumbrar a resistência feminina e feminista ao regime que assombrou Portugal entre 1933 e 1974.

Ficha Técnica

DIREÇÃO ARTÍSTICA Cátia Terrinca DRAMATURGIA Ricardo Boléo PESQUISA Cátia Terrinca e Raquel Pedro INTERPRETAÇÃO Cátia Terrinca e Mariana Bragada ILUMINAÇÃO João P. Nunes SONOPLASTIA Mariana Bragada DESIGN David Costa APOIO Antena 2 PRODUÇÃO UMCOLETIVO

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides