Saltar para o conteúdo principal Mapa do Website Ajuda de navegação e acessibilidade Web

Sexta-feira

Sete Anos Sete Peças
Cláudia Dias
Datas e Horários

23 abril
sexta, 20h

 

Conversa com os criadores após o espetáculo

Local

Sala Mário Viegas

Descrição

Sexta-feira é o último dos dias úteis do ciclo Sete Anos Sete Peças. O espetáculo fecha um ciclo menor dentro de um ciclo maior e Cláudia Dias chama como artistas convidados Vasco Vaz e Miguel Pedro, que têm feito o acompanhamento crítico de todo o projeto. Depois, virá o fim-de-semana, Sábado e Domingo. A semana é inglesa. Mais ou menos: quem saberá contar as horas de trabalho dedicadas a este projeto? Imaginar os dias de descanso tornou-se um luxo. O valor do trabalho evapora-se com o ar de fim dos tempos que assombra o mundo. A ideia de fim do mundo ameaça paralisar a ação e o pensamento. Pior ainda, a ideia de “fim da história” faz acelerar a corrida para decidir quem será “o último homem”, quem entra e quem fica de fora da barca da história. Mas a história ainda se move, o tempo ainda avança, inexorável. Nesta Sexta-feira, Cláudia Dias junta-se com os mais próximos para fechar a semana e imaginar o futuro imediato. Talvez o fim deste mundo seja apenas o começo de um mundo novo.

No Teatro São Luiz, Cláudia Dias apresenta os cinco espetáculos do seu projeto Sete Anos Sete Peças, iniciado em 2016. Cada espetáculo, concebido com um parceiro ou parceira artística diferente, leva o nome de um dos dias da semana, seguido de um subtítulo, e faz a ligação entre artistas, pensadores, países e cidades, passado, futuro e presente, arte e ação política. O todo é maior que a soma das partes. Seguir cada peça e acompanhar a sequência é uma experiência diferente de ver cada uma delas, isolada ou alternadamente. Sete peças mais uma, essa formada pelo todo; ou ainda inúmeras outras, resultantes das várias combinações possíveis e da coleção particular que cada um queira e possa fazer. No São Luiz, os espetáculos complementam-se com um ciclo de conversas e uma oficina do ilustrador António Jorge Gonçalves, responsável pelo desenho e grafismo dos livros deste projeto.

 

Conversas Dias Úteis
Paralelamente à apresentação dos espetáculos, haverá conversas entre os vários criadores participantes e convidados, para debater as relações entre arte e debate político, arte e metodologias, arte e história, arte e exclusão, arte e escola, arte e tudo.

Ficha Técnica

Direção artística Cláudia Dias Artistas convidados Vasco Vaz e Miguel Pedro Intérpretes a definir Música e direção musical Vasco Vaz e Miguel Pedro Direção técnica e Desenho de luz Nuno Borda D’Água Vídeo Bruno Cana Fotografia Alípio Padilha Acompanhamento crítico Karas Produção Alkantara Residências Artísticas e apoio O Espaço do Tempo e Companhia Olga Roriz Coprodução de residência artística O Espaço do Tempo (artista associada) Coprodução Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Municipal do Porto /// Alkantara é uma estrutura financiada por República Portuguesa | Cultura/ Direção-Geral das Artes e Câmara Municipal de Lisboa

VEJA TAMBÉM

Saltar controlos de slides